Share Button

Tudo que sobe, um dia tem que cair. A Funko Pop, empresa que ganhou o mundo com os seus colecionáveis bonequinhos cabeçudos (eu devo ter uns 10 aqui em casa), sofreu a maior queda dos últimos 17 anos na Bolsa de Valores de Wall Street de um IPO.

Ao abrir o seu IPO (Oferta Pública Inicial – quando uma empresa vende ações para o público pela primeira vez) na semana passada, sofreu uma queda de 41%, com o valor das suas ações caindo do preço inicial de US$ 12 para US$ 7,07 – algo que ninguém esperava de uma empresa tão renomada como a Funko Pop.

O acontecimento marca a pior oferta pública de venda desde 1995 para uma empresa de mais de US$ 100 milhões.

Apesar das vendas da Funko somarem US$ 425 milhões de dólares em 2016, muito acima do que foi vendido em 2015 e 2014, a empresa também possui cerca de US$ 320 milhões em dívidas (em 30 de junho de 2017). O IPO teria sido lançado em grande parte para ajudar a pagar essa dívida.

Agora, para a Funko continuar a ser bem sucedida, terá que convencer os investidores de sua validade quando se trata de vender produtos para todo o público, afinal, todo mundo é fã de alguma coisa, e a Funko Pop atua em quase todos os setores como quadrinhos, cinema, TV, videogames, etc.

Caso contrário, poderemos ver em breve uma queda nos preços dos famosos bonecos.

[Via CartoonBrew]