Share Button

Presa na última sexta-feira (20) acusada por tráfico sexual e trabalho forçado, Allison Mack, mais conhecida como a Chloe Sullivan da série “Smallville”, foi solta da prisão nesta terça-feira (24) após pagar uma fiança de US$ 5 milhões (cerca de R$ 17 milhões), valor aprovado por um juiz federal.

A atriz de 35 anos ficará em prisão domiciliar com seus pais na Califórnia, EUA, e será monitorada com um uma tornozeleira de monitoramento eletrônico enquanto o caso é julgado, de acordo com informações do site The Hollywood Reporter.

Mack foi presa após Keith Raniere, líder de um culto chamado NXIVM acusado de escravizar mulheres sexualmente e marcá-las na pele com ferro quente com suas iniciais – saiba mais.

Segundo a Justiça americana, a atriz “recrutou mulheres para o que supostamente seria um grupo de orientação feminina que foi, de fato, criado e liderado por Keith Raniere. As vítimas foram então exploradas, tanto sexualmente quanto por seu trabalho, em benefício dos réus“.

Investigações estão sendo realizadas para saber qual a ligação de Mack com o culto, e dependendo dos resultados, a atriz pode pegar de 15 anos até prisão perpétua.

Recentemente, foram descobertas no Twitter de Mack mensagens antigas à colega de profissão Emma Watson (Harry Potter), tentando recrutá-la para o culto, assim como para a cantora Kelly Clarkson.

Kristin Kreuk , a Lana Lang de Smallville, também foi acusada de participar do culto, mas ela negou envolvimento nas atividades sexuais em declaração.

Abaixo vídeo dela saindo do tribunal ao lado dos advogados: