AnálisesGames

Análise | Aliens: Fireteam Elite é mais um genérico de ação

Enquanto Alien Isolation 2 não dá nenhum sinal de vida de que algum dia será lançado, os fãs vão ter que se contentar mesmo é com Aliens: Fireteam Elite, novo jogo baseado na popular franquia dos alienígenas assassinos, que chega para as plataformas PS5, Xbox Series, PS4, Xbox One e PC (Steam).

O título foi desenvolvido pela novata Cold Iron Studios e se apresenta como um jogo de tiro cooperativo e sobrevivência em terceira pessoa ambientado no universo Alien, que segue a fórmula consagrada por jogos como Left 4 Dead e Back 4 Blood.

Venha com a gente e veja o que esperar de Aliens: Fireteam Elite.

Caçada em equipe

Embora tenha muitas referências do aclamado segundo filme Aliens: O Resgate (1986), a história do jogo é uma sequência da trilogia original, ambientada 23 anos depois, no ano de 2202.

O jogador assume o papel de um fuzileiro a bordo da nave espacial UAS Endeavour – que serve como a sua base e onde é possível selecionar as missões, comprar itens e equipamentos, interagir com outros membros da tripulação – encarregada de responder a um chamado de socorro das colônias externas.

Sua primeira missão é investigar uma refinaria abandonada que está orbitando o planeta LV-895 e resgatar um único sobrevivente da estação, o cientista Timothy Hoenikker, que dará mais informações do que está acontecendo.

Infelizmente, o foco do game não é a narrativa, então não espere por uma história de ficção científica instigante ou personagens carismáticos e complexos, o que é um verdadeiro desperdício de uma franquia com mais de 40 anos rica em lore e narrativas.

A estação obviamente está infestada de aliens, e para combatê-los o jogo oferece cinco tipo de classes para o seu fuzileiro, cada um com as suas habilidades e vantagens na hora do aperto. São eles: Artilheiro (ágil), Demolidor (causa dano em área), Técnico (controle de área com torretas), Médico (precisa explicação?) e Reconhecimento (mostra a localização de inimigos, desbloqueado ao terminar a campanha).

Cada um possui uma barra de experiência, e a medida que vai subindo de nível, o personagem desbloqueia uma variedade de novas vantagens.

Divertido, mas muito genérico

O jogo contém quatro campanhas de história com três missões cada, e o jogador é acompanhado por dois aliados que podem ser controlados por outros jogadores online (sem opção para cooperativo local) ou por uma inteligência artificial. A campanha leva cerca de 8 a 10 horas para ser completada no nível de dificuldade normal.

Lamentavelmente, o estúdio não se preocupou em inovar o gênero de sobrevivência cooperativo, e a maioria das missões são sem graça e repetitivas, onde basicamente você segue atirando em hordas de inimigos e interage com algum objeto para abrir portas, e assim sucessivamente, até o próximo nível.

Visualmente, o jogo se apresenta com gráficos que funcionam muito bem, com uma ambientação cheia de referências aos filmes da franquia e com mais de 20 tipos diferentes de inimigos, incluindo 11 tipos de aliens, cada um com seu próprio tipo de ataque e inteligência para emboscar os jogadores, exigindo que a equipe trabalhe bem em conjunto.

E é aqui que Aliens: Fireteam Elite brilha: jogar com os amigos e se divertir montando estratégias para matar os vários tipos de inimigos. Para quem gosta de jogar sozinho, a sugestão é procurar outro jogo.

Conclusão

Não espere encontrar em Aliens: Fireteam Elite o horror e tensão do material de origem ou mesmo de Alien Isolation, mas sim um jogo de ação feito para jogar com os amigos, o que pode render algumas horas de diversão para passar o tempo. O game também não apresenta grandes inovações no gênero ou uma narrativa que explore melhor o universo dessa icônica franquia, deixando no final um sabor agridoce na boca dos fãs dos xenomorfos.

PRÓS

  • Boa ambientação inspirada na franquia
  • Divertido jogar com os amigos
  • Diferentes espécies de inimigos
  • Bom gameplay

CONTRAS

  • Missões repetitivas
  • Sem coop local
  • Narrativa poderia ser melhor explorada
  • Sem elementos de tensão e horror conhecidos da franquia
  • Não inova em nada e é mais um genérico de ação

Nota: 7,0/10,0

Márcio Pacheco

Márcio Alexsandro Pacheco - Jornalista de games, cultura pop e nerdices em geral. Me add nas redes sociais (links abaixo):

Artigos relacionados