Share Button

O Xbox One X será o videogame mais caro do mercado quando for lançado em 7 de novembro por US$ 499, mas isso não quer dizer que a Microsoft ganhará dinheiro com cada unidade vendida.

Ao ser perguntado pelo site Business Insider se a Microsoft terá lucro com o console, o chefe do Xbox, Phil Spencer, deu uma resposta clara e direta: “Não”.

Após isso, perguntaram se a empresa terá prejuízo com o videogame e Spencer disse, “Eu não respondi dessa maneira”, ou seja, não queria dar mais detalhes a respeito.

Como já ocorreu com outros consoles no passado, o Xbox One X servirá como base para que sejam vendidas outras coisas que dão dinheiro, tais como jogos, periféricos e serviços como a Xbox Live Gold ou o Game Pass.

“Eu não quero me adentrar em todos os números, mas em conjunto você deve levar em conta que a parcela do hardware no negócio de consoles não é a aquela que dá dinheiro. O que gera dinheiro é vender jogos,” declarou Spencer.

Com o passar do tempo, a margem de lucro para cada console aumentará graças à redução do custo de fabricação, só resta saber a quantidade exata de tempo que levará até que isso faça com que a Microsoft consiga lucrar com cada unidade vendida do Xbox One X.