Share Button

A Electronic Arts e a DICE vem recebendo diversas reclamações por terem inserido microtransações em Star Wars Battlefront 2 e agora a DICE anunciou uma mudança com relação aos créditos para destravar os heróis.

Até então, para habilitar novos heróis como Luke Skywalker ou Darth Vader, era necessário gastar 60 mil créditos, algo que você leva 40 horas para conseguir apenas jogando, de acordo com uma análise sobre isso postada no Reddit.

Os fãs, como era de se esperar, ficaram inconformados. As críticas foram tantas que a postagem feita a respeito desse problema por um representante da EA, defendendo-o, tornou-se o comentário mais negativado da história do Reddit. A DICE, então, decidiu reduzir os créditos necessários para obter os heróis.

Luke Skywalker e Darth Vader estarão disponíveis agora por 15 mil créditos; Imperador Palpatine, Chewbacca e Leia Organa por 10 mil créditos; e Iden por 5 mil créditos. Não foi dito se os jogadores que já estão jogando o game via acesso antecipado do EA Access ou Origin Access, e pagaram os valores originais pelos heróis, serão compensados de alguma forma.

Com essa mudança nos preços, os créditos ganhos ao terminar a campanha single player foram reduzidos de 20 mil para 5 mil, de acordo com uma postagem no Twitter feita pelo site australiano Stevivor, e que foi posteriormente confirmado pela própria EA.

Ainda falando dos problemas de Star Wars Battlefront 2, o canal de YouTube, XfactorGaming, fez um vídeo onde explica que, mesmo após as mudanças realizadas depois do beta, o game ainda é “pay to win”, ou seja, quem gastar nas microtransações obterá vantagens no multiplayer em cima dos jogadores que não fizerem isso.

A Forbes também criticou esse sistema, dizendo inclusive que a única forma do jogo ser salvo é com uma “mudança massiva nas caixas de loot”.

Star Wars Battlefront 2 chega nesta sexta-feira, dia 17 de novembro, para PS4, Xbox One e PC.

Via VG247