Share Button

Atualização:

A Epic Games processou a Apple (via PC Gamer), acusando-a de usar “restrições anticompetitivas e práticas monopolistas” na distribuição de softwares e processamento de pagamentos em dispositivos iOS.

Ela também disponibilizou um vídeo que é uma paródia de um comercial da Apple de 1984, onde desafia o monopólio da empresa.

Artigo original:

A Apple acaba de retirar Fortnite da App Store depois que a Epic Games, responsável pelo jogo, implementou seu próprio sistema de pagamento, que dribla a taxa de 30% da Apple para compras feitas em sua loja, o que de acordo com a gigante de tecnologia viola as diretrizes da App Store.

Em uma declaração feita ao site The Verge, a Apple disse que planeja trabalhar com a Epic para “resolver estas violações”, mas já afirmou que não pretende criar “arranjos especiais” para a empresa.

A decisão da Epic parece ser uma forma de provocar a Apple, já que o estúdio disse em sua declaração a respeito da nova forma de pagamento, que ela permitiria garantir preços menores aos jogadores. Por exemplo, se você comprar 1.000 V-Bucks pela maneira tradicional, que envolve a Apple, o valor é de US$ 10, mas pagando diretamente à Epic, sai US$ 8.

O CEO da Epic Games, Tim Sweeney, vem reclamando há anos sobre a taxa que as lojas de app mobile cobram, dizendo que nada justifica os 30% que eles ganham em cima de todas as produtoras, tendo pedido por mudanças substanciais na maneira em como a Apple e o Google negociam com as desenvolvedoras third-party.

A Epic até lançou uma loja de jogos no PC, a Epic Games Store, que pega apenas 12% da receita dos jogos lançados lá, de modo a encorajar o Steam a mudar sua política com as desenvolvedoras.

De acordo com Gene Park, reporter do Washington Post, ele ainda consegue conectar em Fortnite usando seu iPhone e comprar V-Bucks tanto com o método da Epic, mais barato, quanto com a maneira tradicional envolvendo a Apple, mais cara, significando que todos que tem o jogo instalado em seus dispositivos aparentemente ainda conseguem jogá-lo normalmente. Ele ressalta, no entanto, que há usuários dizendo que embora entrem no jogo, não podem comprar nada.

Ainda não sabemos quanto tempo essa situação durará, mas se não for resolvida, o jogo em breve ficará disponível apenas para Android nos smartphones e tablets.

Via @Wario64