Share Button

Um dos lançamentos mais esperados de 2017, Assassin’s Creed Origins vem com a promessa de revitalizar a série, trazendo uma história que contará como começou a luta entre assassinos e templários.

Durante a EGX 2017, evento que ocorreu de 21 a 24 de setembro no Reino Unido, o jogo estava jogável no PC, de acordo com o que foi dito pelo jornalista Dave Aubrey, do site Wccftech.

Infelizmente, segundo ele, toda a sua experiência foi prejudicada por uma baixa taxa de quadros por segundo. Ele disse que testou no PC achando que veria algo rodando em 60 fps, mas na verdade o que viu estava constantemente abaixo de 30 fps. Afirmou também que “engasgadas constantes prejudicaram minha experiência, arruinando tanto a jogabilidade quanto a fidelidade visual”.

“O problema aqui, na versão do PC, está realmente a par com Assassin’s Creed Unity no começo, um jogo infame por um desempenho fraco no lançamento.”

Ele afirma no entanto que o gameplay que presenciou no Xbox One X não tinha nenhum desses problemas que ele viu no PC, sugerindo até mesmo que a Ubisoft evite lançar o game para computador dessa forma.

“Já vimos isso acontecendo com Assassin’s Creed Unity e não foi uma visão agradável.”

É importante ressaltar que não foi informada a configuração da máquina na qual o jornalista jogou. Dito isso, se realmente existem complicações técnicas em Assassin’s Creed Origins que estejam afetando seu desempenho no PC, seria melhor se a Ubisoft adiasse o lançamento no PC de modo a ter mais tempo para optimizar o game, da mesma forma que fez com Assassin’s Creed Syndicate.

Assassin’s Creed Origins está previsto para sair no dia 27 de outubro.