Share Button

A desenvolvedora Mundfish informou que Atomic Heart, o qual ainda não possui data de lançamento, ganhará versões para PlayStation 5 e Xbox Series X, juntamente com as versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One confirmadas anteriormente.

De acordo com o que o estúdio disse à IGN, o jogo não terá telas de loading graças ao SSD dos consoles next-gen. O hardware das novas plataformas também permitirá que entreguem o jogo neles sem a necessidade de piorar os visuais, algo que não tem como ser evitado nos videogames da geração atual.

Junto com essas novidades, a Mundfish divulgou um vídeo de sete minutos onde mostra um pouco de exploração e uma batalha contra o sub-chefe “Plyush”, que se trata de “um inimigo orgânico o qual pode ser apenas o produto de alguns atos governamentais secretos”.

Sobre a história, que continua um mistério, a desenvolvedora disse que Atomic Heart começa quando “robôs começam a atacar as pessoas” e que após isso o jogador, na pele do agente especial P-3, “precisará investigar o que causou todos estes eventos e lidar com o que (ou quem?) está por trás de tudo isso”.

Atomic Heart continua com seu desenvolvimento a todo vapor, apesar da pandemia de COVID-19 ter afetado a Mundfish. O compositor de DOOM, Mick Gordon, está contribuindo na produção da trilha sonora, juntamente com a equipe de som da produtora.

Via Gematsu