Share Button

Robert Englund, mais conhecido por dar vida ao terrível Freddy Krueger na clássica série de terror “A Hora do Pesadelo”, revelou na Emerald City Comic Con (via ComicBook) a respeito de um crossover triplo entre “Uma Noite Alucinante”, “A Hora do Pesadelo” e “Sexta-Feira 13”.

Segundo o ator, a ideia partiu de Sam Raimi, diretor de “Uma Noite Alucinante” (Evil Dead no original), de fazer um encontro épico entre os protagonistas Ash, Freddy e Jason.

Eu estou muito desapontado. Deixamos algum dinheiro na mesa, como dizem em Hollywood, logo após o grande sucesso de Freddy vs. Jason. Sam Raimi era o rei do mundo; Ele tinha todo o dinheiro do mundo por causa do Homem-Aranha [o qual ele dirigiu]. Eu sou um grande fã de Sam e sou um grande fã de Bruce Campbell [ator que interpreta Ash em Uma Noite Alucinante]“, disse Englund.

Eles tiveram essa ideia de misturar tudo. Agora estamos no que chamamos de pós-Deadpool, pós-Guardiões da Galáxia; Mas naquela época ainda não tínhamos esse tipo de filme, com exceção de Evil Dead e Freddy vs. Jason, que estavam realmente misturando novela gráfica, comédia, horror e ficção científica. Então eu amei essa ideia“, explicou.

Sam Raimi queria que Ash ganhasse [a luta entre os três], e eu achei uma ótima ideia. Mas a New Line Cinema estava contra isso porque eu tinha acabado de ter meu traseiro chutado por Jason; Eles estavam com medo, porque eu era o mais bem sucedido das três franquias. ‘Não podemos matar Freddy duas vezes seguidas’. E eu disse: ‘Espere um minuto, pessoal. Vocês já me ressuscitaram! É muito fácil trazer Freddy de volta. Vamos. Isso não é tão difícil de fazer‘”.

Esse encontro épico chegou a acontecer, duas vezes, em uma história em quadrinhos de 2007 e 2009, mas nunca nos cinemas – quem sabe futuramente, seguindo o sucesso dos crossovers de super-heróis?

A última vez que Englund encarnou Freddy Krueger foi justamente no filme “Freddy vs Jason” de 2003 (o oitavo filme da franquia, que começou em 1984), onde o senhor dos pesadelos enfrenta Jason Voorhees da franquia “Sexta-Feira 13” em um duelo cheio de sangue e terror, e claro, adolescentes morrendo. Em 2017 o ator completa 70 anos.