GamesNotícias

Atualizado: Estúdio de S.T.A.L.K.E.R. 2 desiste de NFTs após reação negativa dos fãs

Atualização:

A desenvolvedora GSC Game World divulgou uma declaração no Twitter a respeito de sua intenção de colocar NFTs em S.T.A.L.K.E.R. 2. No texto, ela diz que com base no feedback que recebeu, decidiu desistir da ideia e não colocará mais nada relacionado com NFTs no jogo.

Artigo original:

Por incrível que pareça, a moda dos NFTs (tokens não fungíveis) chegará em S.T.A.L.K.E.R. 2: Heart of Chernobyl no ano que vem. Um NFT representa um certificado digital de algo que qualquer pessoa pode ver e confirmar a autenticidade, mas que ninguém pode alterar ou modificar. Por exemplo, um quadro pintado por alguém só tem sua autenticidade confirmada por meio da pessoa que tem o NFT dele.

Continuando, a desenvolvedora GSC Game World anunciou o “Metaverso S.T.A.L.K.E.R.”, que usará “tecnologia blockchain (que serve de base para criptomoedas) para permitir que a comunidade possua um pedaço de S.T.A.L.K.E.R. 2”. Isso inclui a oportunidade de se tornar o “primeiro meta-humano”, que o estúdio define como um personagem não jogável renderizado com nível altíssimo de detalhes. Um porta-voz disse que esses novos itens não serão feitos com a ferramenta de criação de meta-humano da Epic Games, mas sim via uma parceria com a plataforma de NFT, DMarket.

Para se tornar um “meta-humano”, os jogadores poderão dar um lance para uma oferta de NFT que fará parte de um leilão que ocorrerá em janeiro de 2022. Quem “ganhar” o NFT para se tornar um NPC no jogo poderá comprá-lo e vendê-lo até uma data de reinvindicação específica após o leilão.

Quem obtiver o NFT, terá de ir até o estúdio da GSC Game World para ser escaneado e inserido dentro do jogo como um NPC.

A desenvolvedora também planeja lançar outros NFTs em adição ao do meta-humano, mas a empresa se negou a especificar quais serão. Ela garantiu que os NFTs “não influenciarão a jogabilidade ou darão vantagens dentro do jogo em cima dos outros jogadores”.

Recentemente, a Ubisoft anunciou que traria equipamentos NFT para Ghost Recon: Breakpoint. Além disso, Peter Molyneux, criador de Populous, Black and White e Fable, está criando um simulador de negócios onde os jogadores compram um NFT e tentam ganhar uma nova moeda digital chamada LegacyCoin.

Via The Verge

Artigos relacionados