Curiosidades

Bastidores | Mario & Sonic nos Jogos Olímpicos seria um game de plataforma com ambos!

A ideia original era um game de aventura com ambos

Em 2001, a SEGA deixou de fabricar consoles e passou a ser uma desenvolvedora terceirizada, desenvolvendo jogos para as antigas concorrentes como a Nintendo e a Sony. O primeiro game em que ambos os lados trabalharam juntos de modo significativo foi o F-Zero GX, e esta parceria seria continuada justamente nos jogos de Mario & Sonic.

Eventualmente, Yuji Naka (considerado o pai do Sonic) e Shigeru Miyamoto (considerado o pai do Mario), se reuniram no ano de 2005 e começaram a pensar em um jogo que seria um crossover entre ambos. Essa ideia era natural, já que ambos são os principais símbolos de suas respectivas empresas, e foram grandes rivais durante toda a década de 1990, então um game que unisse ambos seria muito lucrativo e iria gerar um grande “buzz” em toda a comunidade gamer: “Um jogo com o Mario e Sonic juntos?! Meu deus!”. 

Em um período inicial, a ideia era ser mesmo um jogo de plataforma envolvendo ambos os personagens, mas ambos os lados não chegavam a um acordo de como deveria ser este game. Anos mais tarde, a SEGA conseguiu a licença para desenvolver um jogo das olimpíadas de Beijing em 2008, e logo em seguida, a extinta Sega Sports Research and Development ficou responsável em desenvolver um game do Sonic e seus amigos nos jogos olímpicos. Foi aí que eventualmente veio a ideia de incluir também os personagens do Mario e finalmente fazer um crossover reunindo o universo de ambos os mascotes.

A BigN aprovou a ideia e fechou parceria com uma equipe de fiscalização de qualidade da SEGA para acrescentar mais uma camada no controle de qualidade. Ambas as companhias chegaram a conclusão que o espírito competitivo dos jogos olímpicos eram a escolha ideal para as competições daqueles que, um dia, foram rivais.

Mario & Sonic foi anunciado em uma conferência de imprensa no dia 28 de maio de 2007 durante a E3 daquele ano e, no ano seguinte, o game foi lançado para Wii e DS. Apesar de receber notas mistas da mídia, o game rendeu grande sucesso comercial e vendeu mais de 10 milhões de cópias, se tornando uma série que perdura até os dias de hoje.

Artigos relacionados