GamesNotíciasr7

Bernie Stolar, ex-presidente da Sega of America e fundador da SCEA, morre aos 75 anos

Bernard “Bernie” Stolar, um executivo da área de videogames que foi presidente da Sega of America e supervisionou a fundação da Sony Computer Entertainment America (SCEA), faleceu aos 75 anos na Califórnia.

A informação de sua morte foi compartilhada pelo site GamesBeat, tendo sido verificada por mensagens dos amigos de Stolar enviadas à página.

A carreira de Stolar começou em 1980 com a co-fundação da Pacific Novelty Manufacturing Inc, uma empresa voltada a criar máquinas operadas com moedas que atendia arcades no estado da Califórnia. Depois disso, ele trabalhou nesta mesma divisão na Atari, antes de se transferir para a divisão de consoles caseiros.

Ele supervisionou o Atari Lynx antes de se tornar um dos fundadores da SCEA, e também seu primeiro presidente. Ele foi fundamental para dar o sinal verde na criação de jogos como Crash Bandicoot, Ridge Racer e Spyro the Dragon no PlayStation, mas durante seu tempo na empresa ele forçou uma política de “zero RPGs” devido ao gênero ser mais 2D na época.

Depois do primeiro ano de sucesso do PlayStation, Stolar foi para a Sega of America, onde supervisionou o lançamento do Sega Saturn. Logo após isso, se tornou o diretor de operações da empresa em 1997 e o presidente no ano seguinte.

O momento mais conhecido de Stolar foi quando ele anunciou que o Dreamcast custaria US$ 199, para a animação de uma plateia que o estava assistindo em 1999. Mais tarde, foi descoberto que isso enfureceu a Sega of Japan, a qual insistia que o console deveria custar US$ 249 para maximizar os lucros.

Antes do lançamento do Dreamcast na América do Norte, Stolar foi demitido e recebeu uma indenização de US$ 5 milhões.

Via VGC

Botão Voltar ao topo