GamesNotícias

Call of Duty: Warzone – Quase 500 mil bans permanentes, incluindo alguns bans de hardware

A Activision revelou o progresso de suas equipes contra os trapaceiros de Call of Duty e Call of Duty: Warzone, dizendo que até o momento já realizou mais de 475 mil banimentos permanentes (permabans) em Warzone.

A empresa disse que a equipe de segurança e fiscalização executa banimentos diariamente, sete dias por semana, a infrações individuais ou infratores reincidentes. A combinação de bans diários e banwaves de grande escala são foco integral dos esforços destes times.

Também estão lidando com o mercado comercial de fornecedores e revendedores de trapaças. Isso inclui contas suspeitas, que são farmadas e corriqueiramente vendidas para infratores reincidentes. Recentemente foram banidas mais de 45 mil contas falsas, de mercado ilegal, usadas por infratores reincidentes.

Adicionalmente, remover trapaceiros e eliminar suas possibilidades de trocar de contas é um objetivo chave dos times de segurança.

A Activision também confirmou uma suspeita levantada por alguns jogadores e diz que vem sim realizando bans de hardware, mas que esse tipo de banimento é feito apenas contra trapaceiros recorrentes.

Outra informação importante é que recentemente o time de pesquisas de segurança publicou um relatório de malwares escondidos como um dropper em uma trapaça falsa que estava à venda. Os detalhes podem ser lidos neste link, em inglês.

Por último, a Activision ressaltou mais uma vez que não há lugar para trapaceiros em Call of Duty e que continuará compartilhando atualizações de progresso no combate aos jogadores desonestos, enquanto as equipes de segurança e fiscalização continuam a derrubar esses trapaceiros através de fiscalização, prevenção, pesquisa e tecnologia.

Artigos relacionados