Share Button
Divulgação

O GLL Grand Slam: PUBG Classic, o segundo campeonato internacional da temporada 2019, começa nesta sexta-feira (19) e vai até domingo (21), em Estocolmo, na Suécia, com a participação de 16 equipes da América Latina, da América do Norte, da Europa e da Oceania. Entre as concorrentes está a brasileira RED Canids Kalunga. O campeonato distribuirá US$ 300 mil (equivalentes a cerca de R$ 1,2 milhão) de premiação.

Os times se enfrentarão em 18 jogos, sendo seis por dia, nos mapas Erangel e Miramar. O sistema de disputa será o de pontos corridos, o mesmo utilizado em todas as competições oficiais de PUBG pelo mundo. Os participantes recebem pontuações pela posição final em cada partida, de acordo com a colocação conquistada, e pelo número de abates de adversários.

A América Latina tem três representantes: as latino-americanas Team Singularity e BitLoft Esports, que triunfaram no GLL LATAM Masters Grand Finals, e a brasileira RED Canids, que, como Brazilian Crusaders (BRC), conquistou a 3ª temporada da ESL LA League.

Segundo o jogador Alan “rustyzera” Alves, a principal força da RED é a união e a maior dificuldade, enfrentar adversários com experiência em eventos offline. “Podem esperar um time que vai buscar a vitória a todo custo”.

Vencedor da primeira fase da temporada latino-americana, o time brasileiro disputou o FACEIT Global Summit: PUBG Classic, em Londres, no Reino Unido, em abril, e conta com tal experiência para fazer bonito na Suécia. “Vamos ir bem confiantes e sabendo como podemos lidar com diversas situações que antes nós não tínhamos conhecimento”, explica Andrey “and1FPS” Henrique.

“O público pode esperar uma das melhores competições de PUBG que o mundo já viu”, arremata o Head de Esports da GLL, Simon Sundén. “O campeonato contará com as melhores equipes da América Latina, da Oceania, da Europa e da América do Norte. Os espectadores terão três dias emocionantes de e-sports de alto nível”.

A transmissão ao vivo começará às 10 horas (horário de Brasília) nos três dias, com stream em português no canal twitch.tv/GLL_PT.

Participantes
RED Canids Kalunga (Brasil)
Team Singularity (América Latina do Sul)
BitLoft Esports (América Latina do Sul)
Tempo Storm (América do Norte)
Cloud9 (América do Norte)
Ghost Gaming (América do Norte)
The Rumblers (América do Norte)
Spacestation Gaming (América do Norte)
FaZe Clan (Europa)
Natus Vincere (Europa)
Team Liquid (Europa)
G2 Esports (Europa)
Pittsburgh Knights (Europa)
Athletico Esports (Oceania)
Incognito (Oceania)
Hell Yeah Brothers (Oceania)

Elenco da RED Canids Kalunga
Andrey “and1FPS” Henrique
Andrei “ps1copata” Carvalho
Victor “raspu” Oliveira
Alan “rustyzera” Alves

Premiação
1º – US$ 130.000
2º – US$ 60.000
3º – US$ 40.000
4º – US$ 25.000
5º – US$ 15.000
6º – US$ 12.000
7º – US$ 10.000
8º – US$ 8.000

À premiação serão adicionados os valores correspondentes a 25% das vendas de suéteres e jeans especiais do GLL Grand Slam dentro do jogo. Ou seja, comprando os produtos virtuais da competição, a comunidade ajudará os competidores. A comercialização, a US$ 4,99 (R$ 20,00) por item, irá até o dia 24 deste mês.

A equipe campeã garantirá ainda uma vaga adicional à sua região no PUBG Global Championship, campeonato mundial que encerra o calendário oficial de PUBG em 2019, em novembro.

Streams
twitch.tv/GLL_PT (português)
twitch.tv/GLL_ES (espanhol)

Showdown

O evento na Suécia contará também com um confronto entre cinco regiões, o GLL Grand Slam: Showdown, com a participação da comunidade e de 20 streamers famosos da América do Norte, da América Latina, da Europa, da Comunidade dos Estados Independentes (CEI) e da Turquia.

Os streamers foram convidados para jogar diretamente do palco em Estocolmo e irão se juntar aos fãs, que jogarão de casa, em disputas no formato 32vs32, iniciadas nesta quinta-feira (18), às 11 horas. Nos outros três dias, os jogos começarão às 6h30. Haverá transmissão pela internet.

A América Latina terá os streamers JB Sniper, pava, Forever e Lulao na equipe e enfrentará a América do Norte na rodada inicial. O outro duelo será entre CEI e Europa. O sistema é o de dupla eliminação, com Winners e Loser. A Turquia está classificada diretamente para a Grande Final por ter vencido o GLL Nations Royale.