Share Button
Flamengo e INTZ disputarão o título de campeão brasileiro pela segunda vez este ano (Foto: Divulgação/Riot Games)

Flamengo e INTZ disputam neste sábado (7) o título de campeão brasileiro de League of Legends. O vencedor, além de levantar o troféu na Jeunesse Arena, também representará o país na fase de entrada do Worlds, o campeonato mundial de LoL, torneio mais importante do circuito internacional da modalidade. O encontro entre as duas equipes é uma reprise do que foi a final da primeira etapa, onde os Intrépidos levaram a melhor por 3-2 na grande final que disputada nos estúdios da Riot Games, em São Paulo. 

Os dois times se enfrentam à partir das 13h, mas a transmissão, seguida da cerimônia de abertura, começa às 12h. O espetáculo é uma das partes mais esperadas por todo o público e uma das atrações deve ser a banda Far From Alaska, responsável pela produção de “How Bad Do You Want It?” (Confira abaixo), música tema da grande final. Todo ano a Riot Games surpreende o público com alguma atração especial. No ano passado, o rapper Emicida comandou a apresentação com a música “É só um joguinho”.

Da primeira vez, o rubro-negro entrou para a disputa como franco favorito, mas foi surpreendido pela versatilidade da INTZ, que conseguiu se reinventar e levar a melhor na ocasião. Dessa vez, ambas as equipes entram diferentes e não existe um favoritismo pesando em nenhum dos dois lados. Entretanto, deve-se levar em consideração que o rubro-negro conseguiu evoluir mais do que o tetracampeão brasileiro, que mudou apenas uma peças e manteve o estilo de jogo da etapa passada. Sem mexer no seu time, o Flamengo conseguiu aprender com os erros e hoje é um time com leque de possibilidades além do imaginável. De fato, será um confronto muito mais disputado e gostoso de assistir por parte do público.

Por ser sediada no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, a torcida flamenguista estará em peso apoiando o Mengão na final e isso pode ser um fator decisivo na hora do jogo. Ter o apoio da torcida, taxada por muitos como o sexto jogador, é algo muito importante para elevar o time na hora do vamos ver. Isso, contudo, não deve impactar em nada no caso da INTZ, que já provou saber jogar sob pressão e sem o peso da obrigação de sair com uma vitória.

Falando em pressão e obrigação, deve-se ressaltar também o momento que vive o time carioca. Recentemente, informações apuradas e publicadas pelo e-SporTV, deixaram bem claro os perigos que cercam o projeto de League of Legends caso o título não venha a ser conquistado por Felipe “brTT” e companhia. Uma derrota amanhã colocaria o Flamengo entre os times que mais conquistaram vices no cenário nacional (até então foram um no Circuitão e outros dois no CBLoL). Um resultado negativo por parte da equipe rubro-negra pode marcar também o trunfo da INTZ, que se consagraria o primeiro time brasileiro com cinco títulos nacionais. O quinteto seria, junto à KaBuM, a equipe que mais representou o país no Worlds (duas vezes).