GamesNotícias

CEO da Microsoft não acredita que a compra da Activision Blizzard será bloqueada pelos órgãos regulatórios

Satya Natella, o CEO da Microsoft, disse não acreditar que a compra da Activision Blizzard pela empresa será bloqueada pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC) ou qualquer outro órgão regulatório.

Em entrevista ao Financial Times, Nadella disse que o acordo colocaria a divisão de jogos da Microsoft como a terceira maior na indústria de videogames, atrás da Tencent e Sony, e a fragmentação do mercado iria prevenir ela de criar um monopólio.

“Mesmo após esta aquisição, seremos o número três com uma pequena participação de mercado, onde mesmo a empresa no ponto mais elevado também está com uma participação pequena,” disse Nadella. “Isso mostra como as plataformas de criação de conteúdo são fragmentadas. E assim, essa é a categoria fundamental. Sim, seremos uma grande empresa em um local altamente fragmentado”.

Nadella também observou que a distribuição é um fator a ser considerado, e que a Microsoft não é sequer a maior fornecedora de jogos para seu próprio sistema operacional.

“Além disso, a análise terá que se estender pra dizer: por que essas empresas de conteúdo estão tentando se tornar maiores? É porque o lugar onde as restrições realmente estão é a distribuição. A única plataforma de distribuição aberta para qualquer conteúdo de jogos – adivinhem? – é o Windows… a maior lojas do Windows é o Steam. Não é nosso. As pessoas podem fazer qualquer instrumento de pagamento, enquanto todas as outras plataformas de distribuição de jogos estão fechadas”.

A compra da Activision Blizzard pela Microsoft será investigada pela FTC, que vem atuando de forma mais firme com as empresas de tecnologia de grande porte, como a Microsoft. Recentemente, a comissão processou para bloquear duas grandes aquisições de tecnologia: a compra da Arm pela Nvidia e a compra da fabricante de motores de foguete Aerojet Rocketdyne Holdings pela Lockheed Martin.

Via IGN

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo