CuriosidadesTops

Cinco jogos que ficaram exclusivos no Japão

Alguns clássicos nunca chegaram ao ocidente

Apesar de ser cada vez mais raro nos dias de hoje graças a globalização, ainda hoje temos alguns jogos que ficam restritos ao mercado japonês e vice-versa. O ponto é que, muitas vezes, verdadeiras “joias” ficam por lá e, pensando nisso, decidimos selecionar hoje cinco jogos que ficaram exclusivos no Japão.

5 – Sweet Home (Nintendinho 1989)

Baseado em um filme de terror japonês, o Sweet Home também foi o predecessor de uma série muito famosa nos dias de hoje: Resident Evil, que nos planos iniciais era para ser um remake deste game. Aqui vemos muitos elementos típicos do Survival Horror, como resolução de enigmas, sustos e um clima sombrio. Uma pena ele não ter sido lançado oficialmente “por essas bandas”, talvez porque nessa época ele poderia ser considerado um pouco “japonês demais”.

4 – Policenauts (PC 1994)

Depois do grande sucesso de Snatcher, o pai do Metal Gear Solid,  Hideo Kojima, desenvolveu uma outra visual novel que era uma espécie de sucessor espiritual. Lançado para PC, 3DO, PlayStation e Sega Saturno, esse é outro game que infelizmente ficou restrito ao Japão. Uma versão em inglês foi planejada na época devido ao sucesso do game por lá. Considerado um dos melhores jogos de ficção científica, Policenauts tem uma história muito envolvente e personagens carismáticos.

3 – Shining Force III Scenario 2 e 3 (Saturno 1997)

O Shining Force III conta com três capítulos, sendo que no ocidente só o primeiro chegou a nós, enquanto que no Japão o game era vendido em três CDs. Assim como acontecia com os jogos de Final Fantasy para o primeiro PlayStation, o jogador tinha que zerar o CD 1 para salvar o jogo e iniciar no CD 2 e assim sucessivamente. Um clássico da SEGA que, infelizmente, não tivemos acesso completamente.

2 – Mother 3 (GBA 2006)

Desenvolvido pela HAL Laboratory e lançado para o Game Boy Advance, o Mother 3 conclui a série Earthbound e é protagonizado pelo personagem Lucas, e não pelo Ness como era até então. A ideia original deste aqui era ser um jogo do Nintendo 64, mais especificamente para o 64DD add-on, mas eventualmente foi cancelado e eles migraram para o portátil da Big N. Apesar de ter sistemas bem antiquados considerando a época de seu lançamento, o título é considerado um clássico, mas nunca saiu oficialmente por “essas bandas”.

1 – Bahamut Lagoon (SNES 1996)

O Super Nintendo, durante a reta final, ficou com muitos jogos sendo lançados exclusivamente no Japão. Provavelmente porque as atenções estavam sendo focadas no Nintendo 64 nesse período e, por essa razão, verdadeiras “joias” ficaram com nossos amigos de olhos puxados. Este é o caso de Bahamut Lagoon da Squaresoft, que é daqueles games bons em tudo: gráficos ótimos, jogabilidade simples, porém viciante, inovador, e uma história excelente. Felizmente, é possível encontrar traduções não oficiais deste game através das ROMs.

Artigos relacionados