Share Button

O renomado compositor alemão Hans Zimmer, que já fez as trilhas sonoras de filmes de super-heróis como a trilogia do Batman de Christopher Nolan, “O Homem de Aço”, “O Espetacular Homem-Aranha 2” e “Batman vs Superman”, revelou que a troca de atores do Homem-Morcego pode ter desempenhado um certo papel em sua decisão de largar esse gênero.

Meu cérebro escrevia para Christian Bale como Batman, e de repente é Ben Affleck. Me senti como se estivesse traindo tudo que Christian tinha feito, então há uma certa lealdade ligada a esses filmes também“, contou em recente entrevista para o site Inverse.

O compositor elaborou o seu ponto de vista e, aparentemente, parece que o Batman de Ben Affleck não o agradou muito em termos de caracterização, resultando em dificuldade para se inspirar na composição.

Eu gastei meses tentando criar algo para Ben. O Batman que eu conheço é o do Christian, e Ben interpreta ele de forma diferente. Para mim, o personagem de Christian Bale estava sempre com algo não resolvido. Tudo envolvia aquele momento do primeiro filme, onde ele vê seus pais sendo mortos. O personagem de Ben é mais de meia-idade, ele parece mais mal-humorado que o diabo, mas eu não senti aquela dor que sentia na interpretação de Christian. E foi essa dor que me fez ficar interessado“.

Além disso, ele também afirmou que a busca por novos estilos musicais e de usar a tecnologia também o influenciaram para desistir dos filmes dos super-heróis – mas que talvez voltasse se lhe dessem um “roteiro incrível“.

Apenas a minha opinião pessoal, mas realmente a trilha sonora de “Batman vs Superman” foi um dos seus trabalhos mais fracos no gênero super-herói (com exceção do tema da Mulher Maravilha, que é incrível!). Já a trilha sonora do Nolan é fantástica, curioso ver como um ator pode influenciar o trabalho de um compositor, não é?