Share Button

O universo dos videogames sempre movimentou rios de dinheiro. Isso todos já sabem. No entanto, nos últimos anos, esse mercado começou a crescer ainda mais, tornando-se um dos mais promissores do mundo. Por isso, não é exagero dizer que as empresas mais ricas dos videogames valem bilhões. E sim, os valores são assustadores!

Para lhe provar que o dinheiro “rola solto”, a GameHall resolveu apresentar uma lista com as 10 empresas mais ricas dos videogames. Conforme irá perceber, a lista inclui nomes de proporções gigantescas, que controlam outras empresas que, por si só, já seriam enormes. Enfim, é um mundo de valores astronômicos. Confira!

Namco Bandai

A Namco Bandai é uma fusão de duas gigantes japonesas: a Bandai, fundada em 1950, e a Namco, fundada em 1955. Após a fusão, a empresa passou a valer 3,94 bilhões de dólares, posicionando-se como uma das empresas mais ricas dos videogames.

Além disso, a combinação das duas gigantes promoveu também a combinação de marcas lendárias, como as franquias Tales, Tekken, SoulCalibur, Gundam, Pac-Man e muitas outras.

Nexon

Fundada em 1994, na Coréia do Sul, a Nexon construiu o seu legado criando jogos online e os famosos MMORPGs. A empresa possui um grande portfólio de títulos e sua moeda própria, a NX Cash.

De acordo com os dados, a empresa vale 5,36 bilhões de dólares, o que já é um grande salto em relação à Namco Bandai. Dentre os produtos mais famosos da Nexon, temos Atlantica Online, Combat Arms, Mapple Story, Dragon Nest, Vindictus e muitos outros.

Sega Sammy Holdings

Nesse caso, temos aqui mais uma fusão. A SEGA, lendária criadora do Sonic, foi comprada em 2004 pela empresa Sammy, uma gigante japonesa famosa por produzir jogos de azar, conhecidos como Pachinko. Com isso, o valor das empresa alcançou 6,77 bilhões de dólares.

Apesar de a Sammy não ser famosa entre os videogames, a SEGA possui uma longa história nesse universo. No passado, a empresa lutou contra a Nintendo de igual para igual e o Sonic chegou a ser tão grande quanto o Mario.

Electronic Arts

A Electronic Arts, conhecida como EA, foi fundada em 1982. Em dado momento, a empresa já figurou no top três das empresas mais ricas dos videogames. Todavia, hoje ela está na sétima posição do ranking, valendo 8 bilhões de dólares.

A EA é conhecida por ser a detentora de grandes marcas, como The Sims, Need For Speed, FIFA e Battlefield, mas também é conhecida por controlar grandes estúdios de desenvolvimento, como a BioWare e a DICE. Sem dúvidas, a empresa ainda é uma das mais influentes da atualidade.

Activision Blizzard

Sozinhas, a Activision e a Blizzard já possuíam histórias poderosas, com grandes títulos e muita grana envolvida. Porém, em 2008, as duas empresas americanas resolveram unir forças para se transformar em uma das maiores desenvolvedoras de jogos interativos de todo o mundo.

Contam os números, que a empresa vale 16,5 bilhões de dólares, ou seja, o dobro da EA. E isso não é surpresa, já que nomes como World of Warcraft, Hearthstone e Call of Duty são produtos lendários da empresa.

NCSoft

Assim como a Nexon, a NCSoft conquistou seu lugar entre as empresas mais ricas dos videogames explorando os jogos do tipo MMORPG. Com títulos lendários como Lineage, Guild Wars e Aion, não é surpresa encontrar essa empresa entre as maiores.

Entretanto, o surpreendente em relação à NCSoft é que a empresa foi criada em 1997. Isto é, em pouco tempo (relativamente), a empresa conseguiu alcançar um patamar assustador, valendo 36,98 bilhões de dólares.

Sony Computer Entertainment

Fundada em 1946, a Sony Computer Entertainment é uma das mais importantes empresas do mundo dos videogames e, consequentemente, uma das mais ricas. Graças ao PlayStation, e a muitos títulos exclusivos, a empresa continua firme e forte, criando consoles que dominam o mercado.

Em termos de valores, a Sony vale 40 bilhões de dólares e marcas como God of War, PlayStation e Uncharted são algumas das preciosidades que essa empresa ofereceu ao mundo. Além dos valores, a empresa goza de um grande reputação ao lado dos fãs e seu console, o PS2, continua sendo o mais vendido de todos os tempos.

Nintendo

A Nintendo, valendo 42,5 bilhões, é uma das empresas mais importantes de toda a história dos videogames. Fundada em 1889, essa “vovó” foi a responsável por entregar ao mundo o lendário Mario, o Super Nintendo, o Game Boy e o Nintendo DS.

A empresa tem uma influência muito grande no mercado de jogos e foi uma das precursoras de tudo que temos hoje. Sendo ou não a mais rica, é inegável que a Nintendo é uma gigante que merece muito respeito.

Tencent

A Tencent é o maior fenômeno desta lista com as empresas mais ricas dos videogames. É surreal ver como uma empresa fundada em 1998 conseguiu alcançar o valor de 185 bilhões de dólares. Mesmo não sendo dedicada exclusivamente aos videogames, esse número é assustador.

De todo modo, a empresa se destaca por ter participação nos lucros de outras gigantes, como a Epic Games e a Blizzard. E claro, a Riot Games e o lendário League of Legends são produtos dessa empresa colossal.

Microsoft

Encontrar a Microsoft no topo desta lista não deve ser surpresa para ninguém. A empresa, fundada em 1975, tem uma longa história no mercado de computadores pessoais e, já faz um tempo, se tornou uma das gigantes no mundo dos games.

Valendo 334 bilhões de dólares, a empresa lidera o ranking das mais ricas dos videogames com folga. O Xbox briga a cada geração com o PlayStation e a Microsoft já possui o controle de uma série de estúdios de desenvolvimento, além de títulos marcantes, como Gears of War, Forza, Minecraft, etc.

É um mercado bilionário!

Conforme pôde notar, o mundo dos games é marcado por empresas bilionárias. E o curioso é que elas não param de crescer. Felizmente, os maiores beneficiados com isso são os gamers, que ganham muitas opções de entretenimento e muitas novidades, já que a competição entre as empresas mais ricas dos videogames força todas a estarem sempre criando.