Share Button

Mais detalhes de Uncharted: The Lost Legacy surgiram graças a última edição da revista Game Informer, que tem o jogo como sua matéria de capa. No caso, apareceram informações a respeito de Asav, o vilão do game.

Descrito como “um saliente líder insurgente rebelde que trabalhou anteriormente para o governo”, é dito que ele está descobrindo tesouros, murais e artefatos que são culturalmente significativos para a região e que tem diversas razões por trás de suas ações.

O Diretor Criativo, Shaun Escayg, disse que Asav “tem um passado com o governo”, e “sente-se excluído na resolução dos conflitos que o governo resolveu em um dado momento e ele agora é um rebelde solitário tentando criar uma guerra e lucrar com ela.”

Foi revelado também que a Nadine e Asav se conhecem, pois ela trabalhou com ele no passado.

Uncharted: The Lost Legacy sai esse ano para PS4 e não será necessário ter Uncharted 4 para poder jogar.

Via DualShockers