Share Button

Várias pessoas no Japão que desejam comprar há muito tempo um Switch começaram a ficar cansadas de esperar nas longas filas das lojas por uma oportunidade de adquirir o console, com uma escassez que já dura mais de cinco meses.

Segundo o site japonês Nifty News e o blog Esuteru, as lojas Bic Camera e Yodobashi em Akihabara, lugar de Tóquio muito famoso pelos estabelecimentos especializados em produtos eletrônicos, receberam sua maior remessa de Switch no dia 26 de agosto. No caso, 1000 unidades do console. Os consumidores que estavam esperando do lado de fora festejaram, mas nas redes sociais, como Twitter, muita gente ficou desapontada e furiosa com a notícia.

“Após ver as longas filas, eu desisti de comprar [o Switch] no varejista. Eu não pude nem mesmo pré-comprar um online [na Nintendo Store], estou a meio caminho de desistir,” disse um dos usuários.

Mais usuários postaram comentários similares sobre essa situação.

“Até agora não consegui comprar um Switch, na verdade eu não quero mais comprar um.”

“Não foi possível comprar um Switch até hoje, acho que eu não preciso mais dele.”

“Tudo que eu quero fazer é jogar no Switch, por que eu não pude nem mesmo comprar um?!”

“Por que nós temos que sofrer dessa maneira?”

A Nintendo disse aos consumidores no Japão que irão aumentar a produção e enviar mais unidades ao mercado japonês, começando na primavera (outono no Japão) deste ano.

Na Nintendo Store foi iniciada no dia 22 de agosto a pré-venda de bundles customizados do Switch, cujos envios aos compradores serão feitos em outubro. O problema é que as unidades em pré-venda esgotam muito rápido diariamente, e é muito difícil navegar no site por causa do tráfego intenso.

E aqui no Brasil, a única dificuldade que impede a compra de um Switch é seu altíssimo preço, que chega a mais de R$ 2 mil junto com um jogo dependendo da loja.

Via NintendoSoup