Share Button

A partir do dia 21 de junho, quem usar, criar ou distribuir hacks para jogos na Coreia do Sul poderá ir para a cadeia.

Uma lei abrangendo isso foi aprovada em dezembro do ano passado e entrará em vigor no fim deste mês. Ela não apenas especifica “hacks para jogos”, mas também estipula que criar e distribuir servidores privados é ilegal.

De acordo com o site Kotaku, a lei não deixa claro como isso afeta certos mods, mas ao que parece ela visa apenas os hacks que causam impacto negativo nos jogos.

Quem for considerado culpado por burlar esta nova lei pode receber uma multa equivalente a US$ 50 mil ou ser sentenciado a até cinco anos de cadeia. Ainda segundo o site, a lei não tem cláusula escrita de forma clara envolvendo usuários mas afirma amplamente para “não realizar atos que interfiram nas regras ou processo de distribuição do jogo”.

Hacks em jogos tem sido um problema constante em jogos na Coreia do Sul. A Blizzard teve até mesmo que endurecer a maneira como os jogadores utilizam suas contas por lá para combater as trapaças nos servidores de Overwatch.