Share Button

Os irmãos e diretores Anthony e Joseph Russo assumiram uma grande responsabilidade: adaptar para os cinemas a saga dos quadrinhos “Guerra Civil“, lançada pela Marvel em 2006 e que fez um enorme sucesso entre os leitores da editora.

Além dessa missão, a dupla tinha outra importante tarefa: saber lidar com a enorme quantidade de personagens, além de introduzir novos super-heróis. E será que eles conseguiram obter sucesso? A resposta é “sem dúvida nenhuma!“.

Guerra Civil” é simplesmente o melhor filme já produzido pelos estúdios da Marvel, e com certeza um dos melhores, senão O melhor, filme de super-heróis de todos os tempos. Afinal, desde o primeiro Homem de Ferro de 2008, foram 12 produções para chegar a um nível de qualidade altíssimo, preparando o terreno para ver esse grande confronto.

Para quem não acompanha o Universo Cinematográfico da Marvel (UCM), recomendo fortemente assistir antes aos filmes “Capitão América: Soldado Invernal” (também dirigido pelos irmãos Russo) e “Os Vingadores: Era de Ultron“, já que “Guerra Civil” possui várias referências a essas duas produções. Vale lembrar também que o filme inicia a Fase 3 do UCM, que vai culminar na mega-batalha contra Thanos (o monstrengo roxo de “Guardiões da Galáxia”) em 2019.

captain-america-civil-war-screenshots-1

A trama gira em torno em uma discórdia dentro dos Vingadores: de um lado, Tony Stark (Robert Downey Jr) lidera o grupo que acredita que os heróis sejam subordinados a uma organização internacional; do outro, Steve Rogers (Chris Evans) comanda o grupo que prefere agir sem interferências políticas, como uma força de defesa independente.

Cada lado tem os seus ideais muito bem trabalhados no roteiro, assim como a motivação de cada um dos personagens, que têm a oportunidade de mostrar suas habilidades e provar que são bons de briga. Como esse é oficialmente o terceiro filme do Capitão América, a narrativa é mais aprofundada a ele e Bucky Barnes (Sebastian Stan), com destaque para o Homem de Ferro.

O estreante Pantera Negra (Chadwick Boseman) faz um grande debute neste filme, muito bem inserido no UCM e com uma personalidade obscura e vingativa quando vestindo o seu uniforme de vibranium (o mesmo material do escudo do Capitão América), mas determinado e sábio quando em trajes civis.

No entanto, quem rouba a cena mesmo é o Peter Parker/Homem-Aranha (Tom Holland), em uma personificação perfeita e empolgante, fazendo piadas e soltando teias como se fosse a coisa mais normal do mundo – e poupando o telespectador de picadas de aranhas radioativas e mortes do Tio Ben, coisas que todo mundo já está careca de saber. Sério, é impossível não ficar empolgado ou se divertir com o Aranha que é mostrado na tela, que venha logo o seu novo filme solo!

O longa não tem um grande vilão de destaque, e também nem precisa, já que temos uma enorme quantidade de heróis duelando entre si. E falando nesses combates, as cenas de ação são dinâmicas e muito bem coreografadas, com direito a quebra paus épicos e brutais (especialmente todo o duelo no aeroporto, simplesmente uma sequência de meia hora de tirar o fôlego), provavelmente os melhores que você vai assistir em um filme de super-herói. Esqueça aquele caos visual à la Michael Bay de “Batman vs Superman” (ou mesmo Vingadores: Era de Ultron), aqui você vai conseguir enxergar, e acompanhar, tudo que está acontecendo com todos os personagens nos momentos de ação.

screenshot-2016-02-07-170851-168709

E claro, em se tratando de um filme da Marvel, temos uma bom balanceamento na fórmula do humor, do drama e da ação, sem doses exageradas, mas sem dúvida “Guerra Civil” apresenta o tom mais pesado de todos os filmes da editora, ao questionar as ações e responsabilidades dos próprios heróis.

Capitão América: Guerra Civil” é um filme que certamente vai agradar em cheio aos fãs da Marvel e de super-heróis em geral. Gostoso de se assistir (suas 2h30 passam voando), repleto de cenas de ação espetaculares, piadas divertidas e um roteiro bem trabalhado, o longa inaugura com chave de ouro a Fase 3 do UCM, sendo o grande vitorioso desta Guerra Civil o público!

NOTA: 9

PS: O filme conta com duas cenas pós-créditos, a última vale MUITO a pena!

captain-america-iron-man