Share Button

O filme “Esquadrão Suicida” contou com uma premiere de estreia na noite de segunda-feira (1º) em Nova York, EUA (com direito ao diretor David Ayer gritando para a plateia “F*da-se Marvel!” #deselegante).

E as primeiras críticas dos principais sites profissionais não estão sendo nada favoráveis, um deja vu do que já havia acontecido no lançamento de “Batman vs Superman” no começo do ano (que não chegou a atingir a meta de US$ 1 bilhão almejada pela Warner, ficando com cerca de US$ 870 milhões) – leia nossa crítica.

No Rotten Tomatoes, portal conhecido por reunir avaliações de críticos profissionais e amadores sobre filmes e fazer uma média das notas, o filme está com apenas 33% de aprovação de 82 críticas (27 favoráveis, 55 negativas) até o momento. Já no Metacritic, sua nota média é de 45 (de 100) baseada em 34 críticas.

Em comparação, quando “Batman vs Superman” foi lançado atingiu cerca de 31% de aprovação (hoje está com 27%). Já o rival direto, “Capitão América: Guerra Civil”, estreou com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes (hoje está com 90%) – leia nossa crítica.

Confira abaixo alguns trechos de críticas dos principais site de entretenimento dos EUA feitas ao “Esquadrão Suicida”, que foi inclusive comparado ao malfadado reboot do “Quarteto Fantástico”:

“Um esforço confuso que nunca se torna tão divertido quanto promete ser, Esquadrão Suicida nos apresenta a uma galeria curiosa de vilões e em seguida não faz nada de interessante com eles” – The Hollywood Reporter.

“Esquadrão Suicida não é um filme terrível, mas também não é muito bom. Um esforço medíocre com ideias muito comuns de rebelião e salvação” – The Playlist.

“Esquadrão Suicida é tão pouco inspirado, tão tedioso e não-reflexivo, que seu único ato de destruição pode ser contra os filmes de super-heróis que não são da Marvel – se você pode acreditar nisso, Esquadrão Suicida é pior do que Quarteto Fantástico” – Vanity Fair.

“Ele começa subversivo, engraçado e elegante, e tem um caos bem feito durante o primeiro ato. Mas então tudo fica penoso, seguindo uma lista de clichês e pontos da trama sem sentido, fazendo com que você se pergunte onde toda a excitação foi parar” – IGN.

“A direção de David Ayer faz com que seja um desafio acompanhar a história, para não mencionar a tarefa em processar o excesso de violência” – US Weekly.

“Esquadrão Suicida não é exatamente o filme que o público está esperando, e não tem a pegada que a franquia precisa após Batman v Superman” – CinemaBlend.

“Quando você acha que a temporada de filmes não pode ficar pior, vem o ‘pior filme de heróis de todos os tempos'” – IndieWire.

“Esquadrão Suicida é um filme meia boca, fora do nicho super-herói. Ele persegue a arrogância niilista de Deadpool e o capricho anárquico de Guardiões da Galáxia, mas tropeça em seus próprios pés” – New York Times.

E agora confira abaixo trechos de algumas das críticas positivas:

“Esquadrão Suicida é a aventura divertida e cheia de ação da DC que os fãs estavam esperando, entregando duas horas de tiradas incríveis, cenas de ação insanas, uma Arlequina perfeita e outros atores encarnando bem seus personagens” – ComicBook.

“Apesar de sua estrutura ser estranha, faz sentido que Esquadrão Suicida não jogue pelas regras. Cheio de atitude, esse conto de anti-heróis é diversão feroz, cheio de personagens curiosos e cenas de ação caóticas” – Comic Book Resources.

“Para a DC, que estragou tudo com Batman vs Superman esse ano, Esquadrão Suicida é um pequeno passo a frente que poderia ter sido um salto gigantesco se quisesse” – Entertainment Weekly.

“Um bom filme que nunca chega perto de se tornar grandioso” – Herald Sun.

“Leva o gênero de super-heróis em uma nova direção, deixando os bandidos serem bandidos, mesmo quando eles são forçados a ser ‘bonzinhos’. É um entretenimento agradável com performances deliciosas e visuais de arregalar os olhos” – Forbes.

“Esquadrão Suicida dá nova vida ao universo de tela grande de DC” – Empire Magazine.

Esquadrão Suicida” tem pré-estreia no Brasil nesta quarta-feira (3) e logo mais você poderá conferir nossa crítica do filme aqui na Gamehall, fique ligado!

11091335059020