Share Button

Recém-chegada no time da paiN, izaa admite adaptação tranquila e confiança para os desafios que vem pela frente: “não estou me sentindo pressionada”

Izabella ”izaa” é a nova jogadora da equipe feminina de Counter-Strike: Global Offensive da paiN Gaming. Depois de uma passagem de sucesso pelo Santos e-Sports, a jogadora agora substitui Camila “cAmyy” na formação que é considerada a melhor do cenário feminino brasileiro. De acordo com as jogadoras, a mudança foi feita por conta da necessidade de “renovação” da equipe que, embora domine nacionalmente, ainda peca no internacional.

Anúncio da line up da paIN

Em entrevista exclusiva ao GameHall, izaa admite a responsabilidade em atuar ao lado das meninas que, desde sempre, representaram melhor o país, nacional e internacionalmente.

“É uma responsabilidade muito grande (integrar ao time da paiN) pois estou substituindo um nome de peso. Porém, não estou me sentindo pressionada, darei o meu melhor para conseguir os melhores resultados possíveis com esse time”, declarou a jogadora.

Izaa já está junto às meninas faz algumas semanas, e fez a sua estreia no campeonato feminino da Brasil Game Cup 2019. Sem perder, a jogadora admite que a adaptação ao time está ocorrendo da melhor forma possível.

Izaa quando jogava pelo Santos

“Minha adaptação ao time está sendo muito boa, estou gostando bastante de jogar com as meninas e com pouco tempo de treino já sinto que estou conseguindo me adaptar ao jogo delas”, conta a jogadora.

Em breve, teremos a segunda edição da Game XP, e será o primeiro torneio presencial que izaa disputará ao lado de suas novas colegas de equipe. Remanescentes na formação, Juliana “showliana”, Pamella “pan”, Gabriela “GaBi” e Bruna “bizinha” são as atuais campeãs do campeonato feminino de CS:GO promovido pelo evento. Elas conquistaram o título junto à cAmyy, quando ainda defendiam a OpTic Gaming.

Despedida da cAmyy

Entretanto, o cenário nacional está crescendo, e novos times estão apresentando potencial para bater de frente com as meninas na edição deste ano. Em pouco tempo de equipe, izaa não consegue fazer um parâmetro correto, mas já tem em sua mira nomes que podem dar um pé no sapato da paiN em importantes competições ao longo do ano.

“Eu ainda não tenho essa ideia (de qual equipe pode nos dar mais trabalho) pois minha entrada no time é muito recente, porém acredito que New Eagles, Isurus e T1 são times que vem treinando muito e vão dar trabalho esse ano”, finaliza.