Share Button
FURIA garante vaga nas quartas de final em Dallas (Foto: ESL)

Nesta quarta-feira (29) os torcedores brasileiros prestigiaram mais uma conquista do time da FURIA, representante brasileira na DreamHack Masters Dallas 2019. Depois de abrir o torneio batendo a NRG com expressivos 2-0, foi a vez da Fnatic sofrer nas mãos de arT e companhia, que varreram os suecos da chave dos vencedores para assegurar vaga nos playoffs da competição.

Próximo passo: ENCE

Já garantida nas quartas de final, a FURIA vai em busca da vaga nas semifinais contra a ENCE, atual vice-campeã mundial. O confronto acontece nesta quinta-feira (30), às 21h20, com transmissão ao vivo no canal da DreamHack.

Resumo da série

O resultado a favor dos brasileiros começou a se escrever no primeiro mapa da série. Xizt e cia. optaram por um começo na Mirage, mas quem levou a melhor no mapa foi a equipe da FURIA. O confronto começou com o time brasileiro levando a melhor do lado CT, chegando a colocar 9-2 do placar. Em contra-partida, a equipe sueca devolveu nos últimos instantes e a primeira metade terminou no 9-6. No lado Terrorista, foi a vez da FURIA assegurar mais um round pistol, seguido de mais três pontos que asseguraram o 13-6 no placar. A Fnatic buscou, a FURIA revidou, mas o time sueco conseguiu diminuir ainda mais a desvantagem, deixando o placar no 14-10. A FURIA garantiu o match point no vigésimo quinto round, mas a Fnatic não facilitou, fazendo dois em sequência. Porém, Kscerato e companhia mostraram superioridade e cravaram a vitória na partida logo em seguida, fechando o mapa no 16-12.

O mapa de escolha da FURIA foi Nuke e logo na primeira metade foi possível entender o motivo. Garantindo mais um pistol round, o time brasileiro saiu na vantagem, mas acabou perdendo o eco, que deixou tudo igual no placar. Entretanto, comandados por guerri, a FURIA abusou da força do lado TR no seu mapa e assegurou uma sequência de nove pontos para colocar 10-1 no placar. O time de Brollan diminiu com três em sequência, mas o round terminou da mesma forma que começou, com ponto da FURIA. O começo do lado CT, no entanto, foi complicado para o time brasileiro, que começou sofrendo três pontos em sequência, deixando o placar no 11-7. A FURIA aumentou, mas a Fnatic revidou, e vimos o placar chegar 12-8. Foi então a vez dos brasileiros emplacarem três pontos seguidos, o que assegurou o décimo quinto ponto e o uma sequência de sete match points na partida. Em busca do resultado, a Fnatic chegou aos 12 pontos, mas foi preciso apenas um pause para guerri colocar ordem na casa e a FURIA garantir a vitória por 16-12.