Share Button
Divulgação/ESL

No último domingo (5), a Team Liquid faturou o título de campeã da IEM Sydney 2019 após bater a Fnatic por 3-2 na grande final, que aconteceu na Qudos Bank Arena, localizada em Sydney, na Austrália. O time norte-americano faturou US$100 mil (R$400 mil) em premiação, enquanto a equipe europeia, segunda colocada, levou US$42 mil (R$168 mil) para casa.

Saindo na frente, a Fnatic faturou a vitória na Cache, seu mapa de escolha, por 16-10, enquanto a Liquid empatou o confronto após um encontro disputado na Overpass. Mirage foi o segundo mapa escolhido pela equipe de Brollan, que viu a Liquid garantir o match point após um 16-8 no placar. Dust2 foi a última escolha da Team Liquid e embora seja um mapa onde os norte-americanos jogam solto, a Fnatic quebrou as expectativas de NAF e companhia, garantindo uma partida tranquila, conquistada por 16-6.

Com o empate de 2-2, a taça foi decidida na Inferno, onde a Team Liquid dominou na primeira metade e fez o dever de casa na segunda, faturando a vitória por 16-9 no placar. O título foi o segundo da TL na temporada atual. O time é considerado hoje o segundo melhor do mundo, segundo o ranking do HLTV.org, ficando atrás apenas da Astralis, isolada como o melhor time de todos os tempos.