Share Button
Marcelo “coldzera” está fora do elenco principal do MIBR (Foto: Divulgação/ESL)

Foi oficializada nesta sexta-feira (12) a ida de Marcelo “coldzera” para o banco do MIBR. O anúncio foi feito pelo manager Ricardo “dead” e pelo técnico Wilton “zews”; ambos, através do TwitLonger, explicaram que o jogador pediu para ser afastado logo após a queda do time na ESL One Cologne. (Confira a declaração do dead no final da reportagem).

Assim como o jogador já tinha dito em suas redes sociais, foi reiterado que ele se ofereceu para disputar os últimos campeonatos da temporada, incluindo o próximo Major, mas o time não achou plausível mantê-lo em atividade. Pensando no futuro, a equipe também preferiu por não disputar os próximos dois compromissos ao lado do jogador. As informações apontavam que coldzera se mantivera na equipe para disputar a BLAST Pro Series Los Angeles, neste final de semana (13 e 14), e a IEM Chicago, que começa na próxima quinta-feira (18).

Segundo a Starladder, organização responsável pelo Major de Berlim, a ida de coldzera ao banco não se encaixa nas regras que permitem a entrada de zews como “complete” emergencial. Sobre isso, a equipe não se pronunciou e foi dito apenas que eles buscarão a melhor solução para contornar a situação do time.

O futuro de coldzera ainda é incerto, mas os últimos rumores miraram em uma possível ida para a FaZe Clan. O brasileiro tem amizades dentro da organização e nunca escondeu o seu desejo de jogar ao lado do bósnio Nikola “NiKo“, com quem disputou o título de melhor do mundo em 2017.

COMUNICADO SOBRE MIBR E PLANOS FUTUROS (TwitLonger por dead)

Comunico que hoje, Marcelo “coldzera” David não faz mais parte da line up titular do MIBR, e sendo assim ficará como reserva.

Depois da derrota de Cologne, ele expressou vontade em se tornar reserva ou ser transferido de equipe.

Conversamos algumas vezes, para termos a certeza de que esta seria a sua decisão.

Eles nos ofereceu a possibilidade de jogar todos os campeonatos que ainda temos nessa temporada, e até mesmo o Major, na próxima temporada.

Chegamos a conclusão que a fase que iremos viver será de reconstrução para o futuro, e que, quanto antes começarmos será melhor, não apenas para a nossa line up, e sim para o pensamento como equipe. 

Para bem representar o MIBR e todo seu legado, necessitamos estar na mesma página, sempre em frente, na mesma sintonia, tanto os jogadores, quanto à comissão técnica e Organização, onde nenhum indivíduo pode estar acima do coletivo.

Este, será o pensamento do MIBR daqui para frente. Valorizaremos o coletivo e a união acima de qualquer individualidade e necessidade, que não seja para o bem da equipe.

Assim sendo, jogaremos os respectivos campeonatos com o nosso treinador zews e para o major, adianto que ainda estamos averiguando nossas opções.

Gostaria de agradecer ao Marcelo por todos os momentos que vivemos juntos, momentos bons e ruins, mas que durante esses quatro anos de convivência foram incríveis, e que hoje essa história inspira milhares de pessoas pelo mundo. 

Agradeço ao profissional dedicado e ao amigo de todas as horas e desejo apenas o melhor, e que busque e encontre a felicidade que você procura.

Aos nossos fãs e pessoas que se identificam e simpatizam com o nosso trabalho, agradeço o apoio sempre, e que nos apoie ainda mais nessa fase de reconstrução. Será muito importante para a gente.

Já nos reinventamos diversas vezes e faremos isso novamente, e contamos com o apoio de vocês.