Share Button
PKL foi o nome da paiN Gaming na Inferno (Foto: Reprodução)

De virada no último mapa, a paiN Gaming venceu o Team Reapers por 2-1 e garantiu a classificação para as semifinais da GC Masters III. O time tradicional enfrentará a W7M em busca da vaga na grande final do torneio. O próximo jogo da noite será entre Vivo Keyd e INTZ Academy, às 19h00. Todas as partidas do major brasileiro de CS:GO estão sendo transmitidas ao vivo na Twitch, com o “drop de caixas” disponível.

Resumo da série

Overpass (16-13) foi o mapa de escolha da paiN, que começou do lado TR e conseguiu abrir o 3-0 no placar a seu favor. Em contrapartida, a Reapers voltou para o jogo e conseguiu seis pontos em sequência, saindo à frente no confronto com 6-3 no placar. Logo depois do sexto ponto dos Ceifeiros, foi a vez da equipe tradicional firmar a vitória da primeira metade com uma sequência de cinco rounds à seu favor. Fugindo de uma desvantagem maior, a Reapers fechou o half pontuando e o placar ficou no 8-7 a favor da equipe de tatazin.

Mudando os lados, a paiN manteve sua hegemonia nos três primeiros rounds e o placar chegou no 11-7 sem muitas dificuldades. Entretanto, a Reapers mostrou que não estava morta na partida e conseguiu virar o placar em 12-11 após cinco pontos bem trabalhados. Sem conseguir manter a boa sequência, a Reapers mais uma vez viu a paiN abusar dos seus erros e sair à frente no placar, conseguindo quatro rounds bem trabalhados e consequentemente o match point da partida no 15-12. Brutt e cia. diminuíram, mas não barraram o time da paiN, que cravou a vitória uma rodada depois.

Mirage (11-16), mapa de escolha da Reapers, presenteou o público com mais uma primeira metade bastante disputada. O jogo começou com os Ceifeiros garantindo o round pistol e o forçado, mas a reação da paiN foi bem rápida e depois de cravar o primeiro armado, a equipe tradicional alavancou com 5-2 no placar. Sem largar a paçoca, horvy e cia. correram atrás do prejuízo e voltaram a ter o controle a partida após uma sequência de quatro pontos que culminou no 6-5 a favor da Reapers. PKL e sua turma chegaram ao sétimo ponto, mas a Reapers empatou, deixando o placar no 7-7. O placar ficou travado depois que um bug prejudicou os jogadores dentro de jogo e a partida sofreu o remake. De volta às telinhas, a paiN resolveu a parada e saiu com a vitória por 8-7 na primeira metade. 

Do lado TR, o time tradicional mais uma vez teve problemas para trabalhar os primeiros pontos e viu a Reapers alavancar não só no pistol, mas também no armado e no forçado. Recuperando-se, a paiN conseguiu empatar no 10-10, mas logo foi estacionada pela Reapers, que mais uma vez se mostrou melhor na partida e cravou o 13-10 no placar. Embora land1n e cia. tenham conseguido o 11° ponto, não foi possível parar o ímpeto da Reapers, que conseguiu a vitória após três rounds trabalhados em cima dos erros da paiN.

Inferno (16-14) foi o mapa para decidir o confronto e começando do lado TR, a Reapers não deu espaço para o time da paiN trabalhar, chegando a impor 10-2 no placar. Destaque da paiN no mapa, PKL manteve a equipe viva na partida com boas jogadas nos últimos rounds, mas os Ceifeiros estavam um nível acima e mesmo depois de sofrer o quarto ponto, conseguiram garantir o 11-4 com o horvy garantindo um clutch no 1v5. 

Embora o jogo estivesse nas mãos da Reapers, foi a paiN quem começou bem no segundo half, diminuindo a vantagem para 11-6. O primeiro armado, no entanto, ficou nas mãos da Reapers, que logo em seguida sofreu um apagão e só assistiu a equipe tradicional encostar no placar. Foi uma incrível sequência de oito rounds até a paiN empatar o jogo no 12-12 e desestabilizar completamente a Reapers. Mantendo a boa sequência, o time tradicional chegou no décimo quarto ponto e maxcel trouxe o décimo terceiro para diminuir a desvantagem da Reapers. Sem dar espaço para outro resultado, a paiN garantiu os dois pontos restantes e cravou a classificação para a próxima fase.

Leia também: