Share Button

A CD Projekt confirmou que vendeu aos consumidores finais mais de 13 milhões de cópias físicas e digitais de Cyberpunk 2077 até o dia 20 de dezembro, com a maioria dos pedidos de reembolso contabilizados.

“Este número representa o volume estimado de vendas no varejo em todas as plataformas (levando em consideração as devoluções enviadas por clientes do varejo em lojas físicas, bem como em lojas digitais), ou seja, o número de ‘vendas ao consumidor final’, menos todos os pedidos de reembolso solicitados por e-mail diretamente à empresa até a data de publicação deste relatório no âmbito da campanha ‘Ajude-me a Reembolsar'”, disse a CD Projekt.

A desenvolvedora decidiu divulgar esta informação desta forma devido ao “impacto potencial nas decisões relacionadas ao investimento”. Esta semana, aliás, foi revelado que investidores podem processar a empresa por “informações enganosas” a respeito do game.

Cyberpunk 2077 foi lançado em 10 de dezembro e já havia vendido 8 milhões de cópias na pré-venda, tendo recuperado com isso todos os custos relacionados com marketing e desenvolvimento.

Os reembolsos foram em parte solicitados por causa dos muitos problemas técnicos e de desempenho que o jogo apresenta, especialmente no PS4 e Xbox One. Isso fez com que a CD Projekt, Sony e Microsoft oferecessem reembolsos para além do prazo que isso é normalmente permitido. A Sony, inclusive, tirou o jogo da PS Store por tempo indeterminado.

Via IGN