Share Button

A Square Enix divulgou os resultados financeiros para o primeiro semestre (entre 1º de abril e 30 de setembro, neste caso) do ano fiscal atual da empresa. Embora Final Fantasy VII Remake tenha se saído bem, Marvel’s Avengers ficou abaixo do que era esperado.

Na primeira metade do período, quando Final Fantasy VII Remake foi lançado, a divisão de jogos obteve vendas líquidas na ordem de US$ 330,1 milhões, e uma receita operacional de US$ 96,8 milhões.

Já na segunda metade, quando Marvel’s Avengers saiu, a divisão teve vendas líquidas de US$ 229,4 milhões e perda operacional de US$ 48,4 milhões.

Embora a Square Enix não tenha revelado números de vendas para Marvel’s Avengers, o analista David Gibson disse que o jogo vendeu 60% do que era esperado, tendo sido vendidas cerca de 3 milhões de cópias com base em um orçamento estimado em mais de US$ 100 milhões, com o custo total ficando perto de US$ 170 milhões e US$ 190 milhões.

O jogo teve um lançamento conturbado, apresentando vários problemas que vem sendo consertados desde então com atualizações, além de melhorias que foram sugeridas pela comunidade. No entanto, a falta de conteúdo afastou os jogadores, e as versões next-gen foram adiadas para 2021, juntamente com o DLC de Kate Bishop, que atualmente não possui mais data de lançamento.

Apesar do desempenho abaixo do esperado para Marvel’s Avengers, a receita da Square Enix subiu 43% (US$ 1,67 bilhão) em comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto que o lucro aumentou 46,3% (US$ 155,4 milhões).

Via VG247 e GI.biz