Share Button

Após a grande reação negativa de “Batman vs Superman” e do filme não ter alcançado a meta almejada de US$ 1 bilhão (o filme faturou cerca de US$ 868 milhões), e também devido ao grande sucesso que “Capitão América: Guerra Civil” vem fazendo nos cinemas, a Warner Bros revelou uma reestruturação no comando do universo cinematográfico da DC Comics.

Com isso, saí o cineasta Zack Snyder (graças a Deus!) e entram o quadrinista Geoff Johns (que já trabalhou com vários heróis da editora como Batman, Superman, Lanterna Verde, Liga da Justiça) e o vice-presidente da Warner, Jon Berg, que vão assumir o comando da divisão de filmes, em função semelhante a de Kevin Feige, o chefão da Marvel Studios (e que comanda tudo por lá).

Além de carreira consolidada nos quadrinhos, Geoff Johns também já trabalhou nas séries Smallville, The Flash e Arrow, assim como colaborou nos filmes “Lanterna Verde”, de 2011, e “Batman vs Superman”, e no momento trabalha com Ben Affleck no roteiro do próximo filme solo do Batman. Já Berg tem experiência com filmes de heróis como “Batman vs Superman” e nos vindouros “Esquadrão Suicida”, “Mulher Maravilha” e “Liga da Justiça”.

Essas mudanças são uma excelente notícia para os fãs da DC Comics, pois coloca no comando um cara que realmente entende do universo e personagens da editora (Geoff Johns), e tira o fraquíssimo Zack Snyder do controle criativo (sim, eu não gostei dele na direção de BvS – leiam mais sobre o assunto em meu artigo opinativo aqui).

Snyder ainda continha como diretor de “Liga da Justiça”, vamos torcer que essa nova dupla tenha voz de comando sobre ele e direcionam o filme como os fãs realmente merecem.