GamesNotícias

Documentos mostram que a Sony cobra dos estúdios para dar suporte ao crossplay

Share Button

Documentos divulgados recentemente por causa da ação judicial envolvendo a Epic Games e a Apple mostram que dona do Fortnite tentou negociar com a Sony para que ela liberasse o crossplay, e assim que ela finalmente permitiu isso, começou a cobrar das desenvolvedoras com base em quanto esse jogo ganhava em outras plataformas.

No documento de 2019 (via The Verge), a Sony estipula uma política de pagamento de royalties para jogos que ganham uma parte significativa de seu dinheiro em plataformas diferentes do PS4. “Se a proporção da parcela da receita da PSN dividida pela parcela de jogabilidade no PS4 para um título for inferior a 0,85 em qualquer mês, o parceiro pagará à SIE um royalty para compensar a redução na receita.”

A medida dá a entender que a Sony quer garantir que os jogadores de PlayStation não estão gastando seu dinheiro em outro lugar enquanto utilizam os servidores e infraestrutura da Sony.

No exemplo mostrado pela empresa em como os pagamentos de royalties funcionariam, ela mostra que se um jogo ganha US$ 1 milhão em um mês em todas as plataformas, não há necessidade de pagar os royalties se US$ 900 mil desse total vier da PSN, enquanto que 95% da base total instalada for na plataforma da Sony. Neste exemplo, o percentual de receita da PSN fica em 90%, acima do mínimo de 85% estipulado pela Sony. Por outro lado, se no segundo mês apenas US$ 600 mil deste US$ 1 milhão vier da PSN, a desenvolvedora terá de pagar para a Sony a quantia de US$ 52.500.

Para que o crossplay seja habilitado sob estes termos, as desenvolvedoras precisam compartilhas relatórios mensais com a Sony, detalhado a divisão da receita do PS4.

Fortnite nova temporada Banner 2020 e 2021

Vale ressaltar que o documento é de 2019 e a Sony pode ter mudado algumas de suas práticas com relação ao crossplay de lá para cá. Contudo, de acordo com o CEO da Epic, Tim Sweeney, a empresa teve de concordar com estes termos para que Fortnite tivesse crossplay permitido no PS4. “Se alguém estivesse jogando principalmente no PlayStation, mas gastando no iPhone então isso acionaria a compensação”, disse ele na última segunda-feira.

Sweeney também disse que a Sony é a única que requer este tipo de compensação por suporte ao crossplay. O site PC Gamer contatou a Sony para ver se houve mudanças em relação à política de 2019, assim como a Microsoft para que ela informe como funciona o crossplay no caso dela, mas até o momento não deram retorno.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo