Share Button

Lançado originalmente para PC em 2013, o jogo indie “Don’t Starve” ganhou versões para vários sistemas e agradou ao público gamer com o seu estilo único e curioso de sobrevivência – leia nossa análise antes de continuar, caso não o conheça.

Don’t Starve: Together” é o modo multiplayer, muito requisitado pelos jogadores, que foi anunciado em 2014 mas que chegou para PC (Steam) apenas em abril de 2016, e que pode ser jogado independentemente se você tiver o jogo original ou não.

O título mantém o carismático visual 2D gótico, com inspirações nas obras do cineasta Tim Burton, além de vários outros elementos presentes no primeiro game, mas adicionando novos personagens, biomas, criaturas e desafios inéditos para um grupo de até seis pessoas online.

ds1

Você pode jogar de maneira solo se desejar, mas o enfoque e toda a graça do jogo é o trabalho em equipe para construir uma comunidade segura e próspera, afinal, na teoria seis cabeças trabalham melhor do que uma na sobrevivência. A cada partida um novo mapa é gerado aleatoriamente, repleto de animais e recursos naturais, vitais para a sobrevivência dos jogadores.

Há uma infinidade imensa de itens e possibilidades de crafting (construção artesanal), para criar simples ferramentas, ou até mesmo geringonças mais complexas. E não se engane, uma simples pedra ou graveto pode ser a diferença entre a vida e a morte neste jogo com dificuldade bem elevada.

Existem variados personagens para escolher, e cada um deles possui suas vantagens e fraquezas, como maior resistência, medo do escuro, dano reduzido, poder ofensivo, conhecimento de construção, etc. A jogabilidade é simples e bastante acessível, através do apontar e clicar do mouse.

ds4

Há três status que o jogador deve cuidar para garantir a sobrevivência do seu personagem: Sanidade, Fome e Saúde. As estações do ano, principalmente o inverno, são um desafio extra, assim como as horas do dia (sempre bom dormir perto de uma fogueira) e o clima (sol, chuva, frio), que afetam todo meio ambiente a sua volta.

Algo interessante é que, se você morrer, poderá continuar jogando na forma de um fantasma e assombrando os outros jogadores, que terão um decréscimo de sanidade.

“Don’t Starve: Together” oferece três modos multiplayer:  Survival, o modo principal e cooperativo, onde um grupo de seis jogadores devem trabalhar em equipe para sobreviver. Quando todos morrem e ninguém é ressuscitado, um novo mundo é gerado; Endless, um modo mais fácil e que pode ser cooperativo ou PvP (jogador versus jogador), onde o mapa sempre é o mesmo e os jogadores são ressuscitados automaticamente; e por fim o Wilderness, que não possui ressurreição e ao morrer jogadores voltam à tela de escolha de personagem e voltam ao mapa em lugares aleatórios.

ds5