GamesNotícias

Dying Light 2 ganha novo trailer com jogabilidade impressionante de parkour

A Gamescom 2021 começou com a apresentação do Xbox no evento, a qual trouxe um novo trailer para Dying Light 2 Stay Human focado em mostrar a jogabilidade de parkour e as maneiras que o jogador terá para cruzar a cidade.

De acordo com o estúdio Techland, o parkour é uma peça fundamental do jogo. Ela promete que os jogadores vão poder cruzar a Cidade com um dinamismo nunca antes visto, graças ao desenvolvimento de um sistema avançado de parkour, assim como uma mistura de movimentação e combate.

Dying Light 2 Stay Human sairá em 7 de dezembro para PS5, Xbox Series, PS4, Xbox One e PC (Steam e Epic Games Store).

Confira o trailer e mais detalhes abaixo, via Xbox Wire:

Atravessar a rua não é pouca coisa na Idade das Trevas Moderna. Um looter maluco aqui, um Infected enfurecido ali…Ninguém mais simplesmente sai para fazer compras. Normalmente, a melhor maneira de superar o perigo é ser você mesmo um perigo ainda maior. Felizmente, Dying Light 2: Stay Human oferece duas mecânicas conectadas para que você fique mantenha controle das coisas: Parkour e combate criativo.

A Idade das Trevas Moderna é o que parece: Uma era de decadência. Um mundo degenerado onde não existe lei ou tecnologia avançada. Um mundo onde todos se defendem sozinhos (ou apenas um círculo próximo de aliados). Neste mundo, se o cara do outro lado da rua está se aproximando de você, ele com certeza não está procurando uma conversa amigável. É por isso que o parkour é tão importante: ele permite que você vá até um depósito de suprimentos ou deixe uma batalha que não deveria ter escolhido. Você terá muitas chances de apreciar sua capacidade de se mover com facilidade, especialmente porque a cidade agora possui mais camadas verticais, proporcionando mais oportunidades de esquivar de seus inimigos. Muito mais.

Os designers da Techland dedicaram muita atenção às animações de parkour. Existem milhares delas, tornando a navegação incrivelmente fluida. Queríamos torná-la o mais próxima possível do mundo real, mantendo todos os movimentos divertidos e fáceis de serem realizados. Mas o que leva a exploração para o próximo nível é seu novo conjunto de habilidades – e equipamentos! Ah, sim, você não precisa depender apenas do seu corpo. Do novo paraglider ao sempre útil grappling hook, você será capaz de tornar suas corridas mais épicas – e, freqüentemente, elas acontecerão centenas de metros acima do nível da rua. Também há cordas para balançar, pontes de corda, trampolins, elevadores – você escolhe. Claro, você vai precisar de alguma prática antes conseguir dominar a navegação completamente.

No entanto, para garantir sua sobrevivência no jogo, não é necessário apenas se mover. O parkour é como o yin para o yang do combate criativo. Combine os dois e você realmente terá a chance de ver mais um nascer do sol! Em Dying Light 2: Stay Human, a forma como você aborda os inimigos pode – e deve – ser diferente depois que considerar alguns fatores. Em primeiro lugar, a facção da qual você se aliou pode impor (ou dar preferência) a um certo estilo de jogo. Alguns gostam de passar próximo ao inimigo, outros preferem ser mais sutis. Mas, no final das contas, você escolhe como joga, então outra coisa a se observar é quem você está enfrentando. Entre os infectados e as várias facções sobreviventes na cidade, todos vão tentar derrubá-lo de forma diferente. Alguns inimigos agirão sozinhos, outros trabalharão em grupo. É bom estar atento aos diferentes padrões de comportamento e identificar que tipo de armas seus inimigos estão carregando.

Armas, tanto de corpo a corpo quanto de longo alcance, são uma grande parte de Dying Light 2: Stay Human. Você conseguirá identificar instantaneamente que tipo de arma seu inimigo está usando. Pode ser algo rudimentar e improvisado, feito de peças de automóveis, ou alguma antiguidade roubada de um museu. Os sortudos podem carregar equipamentos de nível militar, como um rifle encontrado em um veículo abandonado. Cada arma também pode ser modificada, não apenas para aumentar sua durabilidade ou dano total, mas para ajudá-lo a aplicar um determinado estilo de jogo ou reagir a situações específicas. Adicionar efeitos especiais, como fogo, eletricidade ou bleeding, pode influenciar muito suas táticas.

É tudo uma questão de criatividade. O rico sistema de modificação de armas, combinado com habilidades de parkour, permite que você invente novas maneiras de abordar os inimigos. Mas cuidado: seus inimigos não são estúpidos…Bem, nem todos eles, pelo menos! Alguns usarão táticas de grupo contra você, então escolha suas batalhas com sabedoria e saiba quando reagrupar.

Artigos relacionados