GamesNotíciasr7

EA culpa Halo Infinite e pandemia pelo fracasso de Battlefield 2042

Em uma reunião ocorrida na última terça (15), a Electronic Arts disse que Halo Infinite e a pandemia contribuíram fortemente para o lançamento desastroso de Battlefield 2042, conforme informado pelo site Xfire.

Laura Miele, diretora dos estúdios da EA, disse que a empresa “falhou em atender as expectativas dos nossos jogadores, e claramente falhou em atender as nossas próprias expectativas”.

Falando sobre as razões que causaram o fracasso do jogo, Miele atribuiu parte da culpa às ambições grandiosas para o projeto, combinadas com a pandemia global que criou variáveis inesperadas no processo de desenvolvimento.

Miele também disse que embora a EA tenha recebido bastante feedback sobre bugs e partes pouco polidas da experiência, também houve uma quantidade substancial de feedback positivo dos jogadores, citando inclusive que após o lançamento e a chegada do patch day 1, “o jogo estava estável” e “a crítica inicial era boa”.

No entanto, Miele disse que então Battlefield 2042 foi afetado pelo lançamento de Halo Infinite, com muita gente considerando o jogo da 343 Industries num estado bem melhor que o da DICE.

A executiva reconheceu o histórico de problemas relacionados com bugs nos jogos da DICE no lançamento, mas disse que a quantidade de bugs em Battlefield 2042 estava dentro do que a EA esperava quando comparado com outros jogos. A empresa acreditou, então, que daria conta dos problemas.

Miele disse então que, entretanto, as expectativas dos jogadores haviam mudado com relação aos jogos como serviço, e o modelo anterior de jogo envolvendo lançá-lo e depois melhorá-lo com atualizações não funciona mais.

Particularmente, a EA está boiando ao colocar a culpa do fracasso de BF 2042 apenas no modelo de jogo, Halo Infinite e pandemia, e ainda não percebeu o principal defeito do jogo. Se comparado com qualquer outro título da série (especialmente desde Battlefield 3), ele está muito atrás em diversos elementos da jogabilidade. As armas não passam mais aquela sensação de realismo dos antecessores, os Especialistas são completamente desbalanceados, os mapas voltados para 128 jogadores são grandes demais, deixando a experiência chata após algumas partidas e assim por diante.

O jogo é tão ruim que há uma petição online requisitando reembolso pela compra e que já conta com mais de 200 mil assinaturas.

Artigos relacionados