Share Button

O SKY Go for Gaming, movimento criado para combater estereótipos e preconceitos em relação aos gamers, conseguiu, em 18 dias, bater a primeira meta de doações, no valor de R$ 20 mil. Todo o valor arrecadado será destinado para ONGs beneficentes.

Com a conquista da primeira meta, o SKY Go for Gaming liberou as primeiras informações sobre o evento que acontecerá em São Paulo, no dia 22 de dezembro, com desafios de Counter Strike: Global Offensive entre celebridades e pro players. O time vencedor de uma das atividades poderá doar 10% do valor arrecadado a uma ONG beneficente de sua escolha. Outras atrações incluem participações especiais, times de eSports e competições de games Battle Royale e FPS.

Além da participação da comunidade, Marcelo “Coldzera” David, representante oficial do SKY Go for Gaming e um dos melhores jogadores de Counter Strike do mundo, também contribuiu com a causa: em prol da comunidade gamer, e também para fazer o bem dentro e fora das partidas, Coldzera ajudou a campanha com o valor de R$ 25 mil.

Uma das ONGs que vai receber as doações ao final da campanha é a Liga Solidária, uma Organização da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos. A Liga Solidária existe desde 1923 e ajuda milhares de crianças, jovens, adultos e idosos, por meio de programas sociais envolvendo educação e cidadania. O valor arrecadado será direcionado às iniciativas e programas educacionais da instituição.

Já quase chegando em sua segunda meta, de R$ 35.000, as doações do SKY Go for Gaming continuam até dia 22 de dezembro. Para doar é muito fácil: basta acessar http://goforgaming.com.br/quero-doar/ e seguir as instruções da plataforma Kickante.