Share Button

Na segunda-feira desta semana surgiram diversas prévias de sites que tiveram a oportunidade de jogar as três primeiras horas do novo God of War.

Um dos textos que mais chamou a atenção foi o publicado pelo site Rolling Stone, pois cita informações interessantes a respeito dos níveis de dificuldade do game.

De acordo com o que foi informado, antes de começar a jogar, os jogadores deverão escolher um dos quatro níveis de dificuldade disponíveis, que inclui um que é tão intenso que possui um arquivo de salvamento separado e não pode ser alterado depois que o jogo começar neste modo. Isso permite que os jogadores encarem o modo mais difícil sem precisar sacrificar a jogatina nas outras dificuldades, que inclui uma também que serve essencialmente para que os jogadores aproveitem a história.

O já mencionado modo extremo não deixa apenas os inimigos mais fortes, fazendo com que eles causem mais dano e demorem mais para morrer.

“Fizemos uma tonelada de coisas para fazer disso um desafio genuíno, não um aumento cínico,” disse o diretor Cory Barlog. “Inimigos são todos alterados. Mudamos os padrões de ataque das coisas; é extremamente diferente.”

A decisão de incluir o nível de dificuldade mais fácil, chamado de “Story Mode”, foi voltado para os jogadores que querem apenas aproveitar o mundo do game e “não levarem uma surra a cada dois segundos”, disse Barlog.

Além disso, depois que os jogadores terminam God of War, podem continuar jogando e experimentar o mundo que eles provavelmente não examinaram completamente, não importando o nível de dificuldade em que estiverem jogando.

God of War chega no dia 20 de abril para PS4.