Share Button

Esta quinta-feira (25) foi bem movimenta no cenário profissional de Counter Strike:Global Offensive. Isso porque em meio a diversas polêmicas, o jogador brasileiro Vito “Kng” Giuseppe foi demitido da 100Thieves, sem ao menos disputar uma partida oficial pela equipe.

De acordo com a organização norte-americana, a linguagem ofensiva e inapropriada utilizada por Kng não tem lugar dentro da 100Thieves. A referência foi a um fato que aconteceu entre o player, agora ex-100 Thieves, e o analista de CS:GO, Duncan “Thorin” Shields. Abaixo, deixaremos a imagem no momento exato do desentendimento dos dois:

Em carta aberta ao público, Kng reconheceu seu erro de responder Thorin com uma conotação sexual, que nada tinha haver com a história. E atribuiu o fato ao seu momento delicado de pura frustração, por ter ficado de fora do Eleague Major Boston 2018, por problemas de visto.

Ainda em sua carta, ele também afirmou que o analista não deve sair impune por suas falas, pois irá tomar as medidas judiciais cabíveis. Segundo o sniper, os comentários de Thorin afetaram não só a ele, “mas também a sua mãe e irmã, que foram imediatamente abordadas com questionamentos sobre este assunto sem fundamento algum.‬”

Parece que de fato Kng entrará com um processo na justiça. Sendo assim, parece que esta história está longe de acabar.