Share Button

Durante a Brasil Game Show 2018, tivemos a oportunidade de conversar um pouco com Cloé Hammoud, chefe de pesquisa na Massive Entertainment, estúdio da Ubisoft que está trabalhando em The Division 2, e ela nos explicou um pouco do que sua equipe ela precisaram fazer para tornar a experiência vista no game a mais realista possível.

“Quando começamos a pensar sobre a sequência, quisemos nos manter fiéis a franquia. Nosso foco principal era criar um mundo aberto e história verossímeis. Para isso, tivemos de fazer muita pesquisa,” disse Hammoud.

Ela explicou que conversou com pessoas que realizam atendimentos de emergência, bombeiros, policiais e também pesquisou a respeito de lugares nos quais ocorreram catástrofes, e estas informações foram utilizadas para criar o universo que estará presente em The Division 2, com direito inclusive a narrativas diferentes de acordo com o local onde o jogador estiver dentro do game.

Com relação ao conteúdo adicional que será disponibilizado após o lançamento, ela disse que isso trará “novas missões com narrativa” e que haverá “novas atividades e desafios”. Vale lembrar que, conforme a Ubisoft já havia informado na E3 2018, todos os DLCs para The Division 2 serão gratuitos.

Hammoud também explicou que, embora o game possa ser aproveitado sozinho, a experiência melhora se o jogador optar por encarar a aventura ao lado dos amigos ou de outros jogadores.

The Division 2 chega no dia 15 de março de 2019 para PC, PS4 e Xbox One. O game pode ser testado neste final de semana na Brasil Game Show 2018, no Expo Center Norte, em São Paulo.