Share Button

Muito se especulou sobre a possibilidade de em The Legend of Zelda: Breath of the Wild ser possível jogar não apenas com um personagem masculino, mas também com um feminino.

Com a apresentação do jogo na E3 2016, foi confirmado que Link continua sendo o único protagonista, e se depender de Shigeru Miyamoto, criador da franquia, isso nunca irá mudar, pelo menos para os games principais da série. Em spin-offs (jogos alternativos), bom, aí a história é outra.

“Nós conversamos claramente com a equipe para fazer um jogo centralizado em Sheik,” disse Miyamoto ao site Gamekult. “Então eu não posso dizer que é impossível ver algo do tipo no futuro, mas nos jogos clássicos dentro da série, Link é o herói e isso não irá mudar. Para o restante, você deve ser paciente e ver o que acontece!”

The Legend of Zelda: Breath of the Wild chega em 2017 para Wii U e NX.

Via Nintendo Everything