Share Button

O CEO da Epic Games, Tim Sweeney, disse durante a coletiva de imprensa que apresentou a Unreal Engine 5, que o PlayStation 5 é um “dispositivo notavelmente equilibrado”, elogiando o “poder da GPU” e também o SSD, citando “o aumento da largura de banda” que ajudará no gerenciamento de armazenamento, algo que classificou como “absolutamente crítico”.

“A arquitetura de armazenamento no PS5 está muito à frente de qualquer coisa que você possa comprar no PC por qualquer quantia de dinheiro no momento,” disse Sweeney. “Ele ajudará a impulsionar futuros PCs. [O mercado de PC] verá isso sendo lançado e dirá, ‘Nossa, SSDs precisarão acompanhar isso.’

A Sony alega que o sistema de armazenamento que equipa o PS5 fará com que os loadings praticamente não existam e permitirá que os desenvolvedores consigam acessar os dados de seus jogos em velocidades sem precedentes. O resultado disso serão mundos maiores, sendo carregandos mais rapidamente, o que pode mudar a maneira em como jogos serão feitos.

Com base no uso do PS5 por Sweeney e os engenheiros da Epic, o executivo não disse que você não pode pegar um drive M.2 para PC que seja comparável a isso, mas ele afirma que o SSD customizado que a Sony desenvolveu interage com o restante do sistema do PS5 de tal forma que faz tudo ficar mais rápido e impressionante num ponto de vista de desenvolvimento, mais do que qualquer coisa que exista hoje no mercado.

Mas e o Xbox Series X? Sweeney não afirmou que o console da Microsoft não fará algo parecido, já que ele também terá um SSD customizado que entregará velocidades altíssimas, mas a relação estreita entre a Epic e a Sony está fazendo com que a empresa trabalhe com maior proximidade com a criadora do PlayStation neste aspecto em específico.

Dito isso, após a revelação da Unreal Engine 5, podemos esperar por mais coisas surpreendentes, tanto do Xbox Series X quanto do PlayStation 5 nos próximos meses.

Via The Verge