Share Button

A Microsoft apresentou uma declaração de apoio à Epic enquanto a empresa continua a brigar com a Apple com relação à estrutura de publicação de jogos da criadora do iPhone e iPad.

“Hoje apresentamos uma declaração em apoio ao pedido da Epic para manter acesso ao SDK da Apple para sua Unreal Engine. Garantir que a Epic tenha acesso à mais recente tecnologia da Apple é a coisa certa para desenvolvedores de jogos e jogadores,” disse Phil Spencer, chefe da divisão Xbox.

Resumidamente, o motivo pelo qual a Microsoft decidiu realizar este apoio oficial, é que caso a Apple realmente remova da Epic acesso ao SDK dela, jogos feitos com a Unreal Engine para iOS e macOS ficarão sem suporte nestes sistemas.

Se os vários desenvolvedores que usam Unreal Engine, incluindo a Microsoft, não tiverem como acessar as ferramentas dele dentro dos sistemas da Apple, será impossível dar suporte aos jogadores ou disponibilizar atualizações nos jogos em suas plataformas.

“Negar à Epic acesso ao SDK da Apple e outras ferramentas de desenvolvimento impedirá que a Epic dê suporte à Unreal Engine no iOS e macOS, e colocará a Unreal Engine e os criadores de jogos que construíram, estão construindo e poderão construir jogos nela em uma desvantagem substancial,” diz a declaração.

“Porque iOS é um grande e crescente mercado para jogos, a descontinuação da Apple da habilidade da Unreal Engine para suportar iOS será uma desvantagem material para Unreal Engine em futuras decisões da Microsoft e outros criadores de jogos quanto à escolha de um motor gráfico para novos jogos.”

A briga entre Epic e Apple começou há alguns dias, quando foi introduzida em Fortnite uma forma de comprar V-Bucks sem precisar pagar os 30% de taxa para a Apple, resultando na remoção do jogo da App Store. Com isso, a Epic decidiu processar a Apple, o que levou a empresa a decidir expulsá-la completamente de seu ecossistema.

O game também foi retirado do Google Play pela mesma razão, mas embora o Google também tenha sido processado por causa disso, nada foi feito para retirar da Epic o acesso ao SDK para Android.