GamesNotíciasr7

Estúdio de World of Tanks encerrará suas operações na Rússia e Bielorrússia após a invasão da Ucrânia

A Wargaming, responsável pelos jogos World of Tanks e World of Warships, fundada pelo russo Victor Kislyi em Minsk, capital da Bielorrússia, enviou um comunicado ao site VGC dizendo que encerrará todas as suas operações na Rússia e Bielorrússia após a invasão da Ucrânia.

“Começando em 31 de março, a empresa transferiu seu negócio de jogos como serviço na Rússia e Bielorrússia para ser administrado localmente pela Lesta Studio, que não é mais afiliada à Wargaming. A empresa não vai lucrar com esse processo hoje ou daqui em diante. Muito pelo contrário, esperamos sofrer perdas substanciais como resultado direto desta decisão”, disse a Wargaming.

“Concluiremos a transição operacional o mais rapidamente possível, permanecendo em total conformidade com todas as leis e garantindo a segurança e o suporte contínuo de nossos funcionários. Durante o período de transição, os produtos como serviço permanecerão disponíveis na Rússia e na Bielorrússia e serão operados pelo novo proprietário”.

A Wargaming também alegou que começou o processo de fechamento de seu estúdio em Minsk.

“Os chefes de produtos e serviços se reunirão com suas equipes em breve para discutir o impacto dessa decisão em cada departamento”, afirmou. “Vamos fornecer o máximo de indenização e apoio possível aos funcionários afetados pela mudança”.

A Wargaming possui 19 escritórios espalhados pelo mundo, incluindo Chipre, Austrália, França, Estados Unidos e Inglaterra.

Em fevereiro, a empresa demitiu o diretor de criação, Sergey Burkatovskiy, por apoiar publicamente a invasão da Rússia na Ucrânia.

Artigos relacionados