GamesNotícias

Ex-executivo do Xbox diz que Nintendo deu risada quando a Microsoft se ofereceu para comprá-la

Com este ano marcando o 20º aniversário do primeiro Xbox, a Bloomberg publicou um artigo muito interessante onde conversou com mais de 20 pessoas envolvidas com a criação do console. Há alguns detalhes que até então não sabíamos, como a Microsoft ter desejado realizar uma parceria com a Nintendo e até mesmo comprar a empresa japonesa.

Bob McBreen, ex-chefe de desenvolvimento de negócios na Microsoft, disse que ela contatou várias desenvolvedoras para debater uma aquisição há muitos anos, com a primeira delas sendo a Electronic Arts, que disse “não, obrigado”, de acordo com McBreen.

O ex-executivo do Xbox, Kevin Bachus, foi mais além e falou que a EA recusou a oferta de aquisição pois de acordo com ela a Microsoft tinha o hábito de abandonar um mercado caso as coisas não dessem certo e “fingiam que nunca havia acontecido”.  A Nintendo também declinou ser comprada, com a reunião sobre isso tomando um rumo inesperado.

Bachus disse que o então CEO da Microsoft, Steve Ballmer, falou que a equipe deveria viajar até o Japão para falar com a Nintendo sobre uma venda potencial.

“Steve fez a gente se encontrar com a Nintendo para ver se eles considerariam ser adquiridos. Eles apenas riram demais. Tipo, imagine uma hora de alguém apenas rindo de você. Foi assim que essa reunião ocorreu,” disse Bachus.

McBreen disse também que executivos da Nintendo foram até o QG da Microsoft em janeiro de 2000 para conversar sobre um “empreendimento conjunto” onde a Microsoft compartilhou as especificações técnicas do Xbox com a Nintendo. A ideia, que acabou não indo para frente, era que a Microsoft cuidasse do hardware e a Nintendo fizesse os jogos.

A reportagem da Bloomberg também diz que a Microsoft tentou comprar a Square antes do lançamento do Xbox e anos antes dela se fundir com a Enix e virar SquareEnix. Em novembro de 1999, executivos da Microsoft foram ao Japão conversar sobre uma venda com o CEO da Square e o chefe da Microsoft, Steve Ballmer.

McBreen disse que a Microsoft tinha a intenção de comprar a Square, mas o negócio nunca foi concretizado, pois a empresa japonesa considerou que o preço oferecido era “muito baixo”.

Também é dito no artigo que a Microsoft procurou comprar a Midway, criadora de NBA Jam e Mortal Kombat, mas a Microsoft não conseguiu descobrir uma forma de fazer esta compra se concretizar.

“Não conseguimos descobrir como fazer isso funcionar porque os tiraríamos imediatamente do negócio do PlayStation e não precisávamos do grupo de vendas e marketing deles, e então isso nos deixou sem muito valor,” disse Bachus.

O artigo é muito legal e você deveria ler na íntegra, pois é cheio de detalhes interessantes sobre os bastidores do Xbox. Outro exemplo: Ed Fries, então chefe dos jogos first party do Xbox, disse que no começo Bill Gates não estava convencido quanto ao Xbox, tanto que em uma reunião inicial a respeito, “jogou os slides de powerpoint na mesa e disse, ‘Isso é uma porra de insulto a tudo que eu conquistei nessa empresa.”

Via GameSpot

Artigos relacionados