Share Button

Se você gosta muito de Final Fantasy, talvez já tenha lido algumas teorias a respeito dos jogos desta memorável franquia. Seria possível originalmente reviver Aeris em FF VII? Rinoa é na verdade Ultimecia e Squall teria morrido em FF VIII?

Estas e outras teorias foram respondidas por Yoshinori Kitase em um bate papo com o site Kotaku durante a PAX West. Ele trabalhou em muitos títulos da série, incluindo Final Fantasy VIVII e também o clássico Chrono Trigger.

Em Final Fantasy VI, Gogo é na verdade Daryl, a velha amiga de Setzer?

“Isso provavelmente não é verdade,” disse Kitase, através de um tradutor. “Eu não acho que há algum cenário como esse. Se isso é verdade então, pois Daryl teve aquele lindo final, se [ela] terminou sendo Gogo, isso acabaria destruindo tudo isso.”

Depois, foi perguntado se Gogo tinha uma identidade secreta e Kitase falou que não. Os dois personagens opcionais de Final Fantasy VI, Gogo e Umaro “na verdade não tinham nenhuma história de fundo. Eles apenas estavam lá para você selecioná-los se quisesse usá-los nas batalhas”.

Squall morre no final do Disco 1 de Final Fantasy VIII quando é apunhalado pela lança de gelo de Edea e o resto do jogo ocorre dentro de seu sonho?

“Não, isso não é verdade,” disse Kitase, rindo. “Eu acho que na verdade ele foi apunhalado na região do ombro, então ele não estava morto. Mas isso é uma ideia muito interessante, então se algum dia fizermos um remake de Final Fantasy VII, poderei ter essa história em mente.”

Rinoa é na verdade Ultimecia em Final Fantasy VIII?

“Não, isso não é verdade,” informou Kitase. “Eu não acho que incorporaríamos isso mesmo se fizéssemos um remake do jogo. Mas dito isso, tanto Rinoa quanto Ultimecia são bruxas, então nesse aspecto são parecidas, mas não são a mesma pessoa.”

Os Knights of the Round de Final Fantasy VII são Cetra, responsável por derrotar Jenova mil anos antes dos eventos do game?

“Todos estão pensando muito profundamente, lendo demais nas entrelinhas,” disse Kitase enquanto ria. “É difícil porque se você pensa sobre isso dessa forma, nós provavelmente teremos que fazer dessa maneira. Isso definitivamente não é verdade.”

Kitase revelou também que o designer Tetsuya Nomura criou todos os Summons de Final Fantasy VII e que “eles não tem nenhuma história de fundo anexada a eles”.

É verdade que originalmente seria possível reviver Aeris em Final Fantasy VII, mas isso for cortado do game?

“Nós ouvimos conversas entre os fãs de que se você usar um bug no game pode reviver Aeris e ela estará com você até o final do jogo,” disse Kitase. “Pode ser bom em uma história que você possa reviver os personagens, mas com FF VII, nós queríamos realmente olhar isso de outra forma, olhar para a vida humana, e [fazer as pessoas] perceberem que elas não voltam.”

Kitase adicionou que no início do desenvolvimento de Final Fantasy VII, ele viu outra empresa fazer uma pesquisa com crianças pequenas onde era perguntado se queriam que as pessoas voltassem à vida após morrerem.

“Muitas das crianças disseram sim para esta pergunta. Há várias histórias de fantasia onde a princesa retorna dos mortos com o beijo do seu príncipe. Para crianças, era normal para elas que as pessoas voltassem à vida. E nós queríamos questionar essa ideia e pensamento. Então, queríamos descrever que há peso para a vida, e colocamos peso na perda assim como na vida, e foi dessa forma que nós todos começamos com Final Fantasy VII. Era nosso conceito central.”

O personagem Shinra de Final Fantasy X-2 fundou a empresa Shinra em Final Fantasy VII, fazendo com que os universos de ambos jogos estejam conectados?

“Eu não vou sair e dizer que estão no mesmo mundo,” disse Kitase. “Entretanto, Shinra em FF X-2 foi criado por Kazushige Nojima, o roteirista do enredo, e quando ele bolou o personagem, ele pensou que seria bom se as pessoas imaginassem que alguns anos após a história de Final Fantasy X-2, aquela pessoa chamada Shinra cresceria e fundaria a empresa Shinra. Então isso é algo que ele insinuou lá. Dito isso, não direi que é o mesmo.”

Legal, hein?