Share Button

Muitos fãs da Sony querem um sistema retrocompatibilidade para o PS4. Algo real, que possibilitasse a inserção de um antigo disco de PS2, PS3 ou mesmo PS1, e o console rodasse sem problemas. Similar ao que acontece com o Xbox One e os títulos do Xbox 360; contudo, o que Sony disponibiliza hoje nada mais é do que um sistema de streaming – não funcional no Brasil – e opções de remasterizações pagas como se fossem novos títulos.

Porém, o futuro parece mais promissor para quem aguarda a funcionalidade em questão. Uma patente registrada pela empresa de tecnologia japonesa sugere que a companhia está, de fato, trabalhando para criar um sistema de retrocompatibilidade para o futuro PlayStation 5.

Intitulada como “Simulation of legacy bus operation for backward compatibility”, o nome da patente se refere ao ato de simular um sistema de jogos mais antigo da empresa, com o intuito de expandir a compatibilidade de um novo videogame com os produtos disponibilizados para membros mais velhos da família de hardware – ou seja, traduzindo: os PlayStation’s mais antigos.

Assim como já aconteceu anteriormente, o nome de Mark Cerny, arquiteto responsável pelo PS4, está envolvido no processo. A Sony ainda não afirmou e nem descartou a possibilidade publicamente.

Usando a descrição da patente e analisando quem está envolvido, tudo leva a crer que seria algo similar ao já presente sistema do Xbox One – com a possibilidade de não apenas emular, mas também de aprimorar a experiência.

Enfim, se isto realmente acontecer, seria a realização de um desejo presente desde meados da geração do PS3. Agora só resta aguardar, porque só o tempo dirá como a situação se desenrolará.