Share Button

Um empregado de 40 anos da Microsoft do Japão foi preso por, atenção agora, passar as mãos nos seios de uma estudante dentro de um trem que estava indo para Osaka.

O funcionário tarado foi identificado como Shingo Mihara, um funcionário da filial da Microsoft japonesa de Kansai. Aparentemente, ele colocou a mão em uma abertura da blusa da estudante de 16 anos de idade.

A estudante, supostamente o pegou em flagrante e em seguida, puxou-o do trem na Estação Amagasaki. Um empregado da estação levou Mihara para a polícia.

Mesmo pedindo desculpas para a menina, mais tarde ele disse à polícia: “Eu posso ter entrado em contato com o corpo dela, mas não toquei em seus peitos.”

Osaka é conhecida por ser uma das primeiras cidades no Japão a ter trens “só para mulheres,” na esperança de reduzir o número de tentativas de “incidentes” como esse.

Não está claro qual o papel que Mihara atua na Microsoft.

E aí, terá o cara encostado de propósito ou não? Desse jeito as vendas do Xbox 360 vão cair no Japão… piadinha tá… A imagem da notícia é apenas ilustrativa, antes que perguntem.