Share Button

1508087_637645002962574_49028175_n

Enquanto Sony e Microsoft comemoram as altas vendas de seus novos videogames e estão sorrindo a toa, a Nintendo vive um amargo pesadelo com o seu Wii U. Apesar da vendas do console terem subido no mês de dezembro, como reportou o grupo NPDempresa que faz estatísticas de vendas de videogames nos EUA – ainda estão muito longe de fazer o console decolar na preferência do consumidor, o que fez a empresa reduzir sua previsão de vendas do aparelho em quase incríveis 70%. A expectativa da empresa alguns meses atrás era de vender 9 milhões de consoles até o fim do ano fiscal, que termina em março de 2014, agora sua nova meta caiu drasticamente para 2,8 milhões no período.

A previsão para a venda de games também foi reduzida, de 38 milhões para 19 milhões até março. O seu portátil 3DS, que já vendeu mais de 11 milhões até o momento apenas nos EUA e é líder no mercado, também não escapou do corte, reduzindo de 18 milhões para 13,5 milhões  ao menos um golpe menos drástico do que o Wii U. A expectativa para os jogos do portátil foram reduzidas de 80 milhões para 66 milhões, até março de 2014.

Segundo informações da empresa japonesa, as mudanças vão trazer um prejuízo operacional de cerca de US$ 336 milhões, marcando assim o seu terceiro prejuízo anual consecutivo. O Wii U que está no mercado há mais de um ano, vendeu até hoje pouco mais de 5 milhões de unidades no mundo, número esse que o PlayStation 4 e Xbox One estão prestes a ultrapassar, com apenas pouco mais de dois meses de lançamento.

É negada, parece que a casa caiu para Mario e cia, e faz tempo que isso já vem ocorrendo. Nós aqui do Gamehall postamos uma série de artigos opinativos que já previam a queda da Big N (e que por sinal foram bem criticadas pelos fãs nintendistas), como o “Caminhando para trás: Nintendo anuncia 2DS“, o “Wii U – O Dreamcast da Nintendo e o seu Grande Fail” e o mais recente “Wii U é esmagado por PS4 e Xbox One“.

É fácil imaginar como devem estar os corredores do prédio da Nintendo agora, igual aos corredores da Estrela da Morte no momento inevitável da explosão, com um bando de gente correndo de um lado para o outro tentando se salvar. Guarde bem esses momentos, pois você pode estar presenciando um momento histórico: a queda de uma das maiores e mais antigas empresas de games do mundo.

* Era impossível despedir o Darth Vader, mas o Satoru Iwata (presidente da empresa) faz tempo que está precisando levar um pé na bunda!