Share Button

A rede varejista de games norte-americana, GameStop, um dos nomes mais conhecidos da sua área, reportou uma triste conclusão após o encerramento do seu último ano fiscal: um grande prejuízo de 673 milhões de dólares foi registrado.

Para quem não está por dentro dos acontecimentos, a rede de lojas, com o advento de plataformas online para consoles e com a ascensão de compras pela internet, luta, nos últimos anos, para se manter relevante no mercado.

Porém, após a Sony anunciar que irá parar de distribuir códigos de download de games para os estabelecimentos, e com a concorrência pela internet de outros grandes nomes no segmento de jogos físicos, como a Amazon, está cada vez mais difícil manter “as contas em dia”.

Recentemente, um novo CEO foi apresentado para a companhia: George Sherman. A ideia do profissional é transformar a experiência dos seus fiéis compradores em algo mais abrangente – ou seja, fora jogos e consoles, o estabelecimento também passaria a disponibilizar outros produtos ligados com a “cultura nerd / geek”.

De toda forma, resta apenas esperar para observar os resultados obtidos pela estratégia de Sherman.